Importação de Carvão da Rússia

As importações de carvão no ano de 2021, foram bastante consideráveis, deixando o produto como o 20º principal produto importado pelo Brasil no ano. O Carvão é considerado altamente poluente.

O carvão tem papel relevante dentro da matriz energética brasileira. Espírito Santo e Santa Catarina por exemplo, produzem carvão mineral, porém, a necessidade brasileira é bastante alta, o que faz com que o país importe em grande quantidade de outros países.

O artigo de hoje vai abordar a Importação de Carvão da Rússia. Se você quer saber mais sobre os dados da compra deste produto, pegue o seu café e continue conosco!

Vamos lá? 😉

Importação de Carvão da Rússia: Saiba mais

Segundo o CEIC, os dados de Produção de carvão da Rússia foram registrados em 399.771 Ton em 2021. Este registro mostrou uma queda com relação aos números anteriores de 440.906 Ton em 2020. Os dados de Produção de carvão da Rússia são atualizados anualmente, com uma média de 333.806 Ton (de 1985 até 2021).

Segundo os dados do ComexStat, 62% das importações de produtos russos foram de adubos e fertilizantes químicos em 2021. A Rússia é o maior fornecedor do insumo, fundamental para o agronegócio brasileiro. O carvão é o 2º produto mais importado da Rússia. O carvão representa 8,4% das importações da Rússia o que reflete um valor de US$ 480 milhões.

Atrás somente dos Estados Unidos, da Austrália e da Colômbia, a Rússia é o 4º país que mais compramos carvão. Para ilustrar, confira os dados na imagem a seguir:

Fonte: ComexStat

Referente a crise entre Ucrânia e Rússia, gigantes do Comércio Exterior já emitiram notas referente a este assunto, confira nosso artigo sobre MSC e Maersk interromperem o transporte marítimo para a Rússia!

👉 Confira também o nosso artigo sobre Importância da OTAN para as relações dos países!

História do Carvão no Brasil

No Brasil, a história do carvão se inicia há cerca de 210 milhões de anos. Na época em que a crosta da terra ainda estava convulsionada por terremotos, vulcões, furacões, vendavais e maremotos. Estes fenômenos provocaram lentos ou violentos cisalhamentos e fizeram as montanhas e os limites costeiros separarem-se da África pelo Oceano Atlântico.

Naquelas épocas geológicas, árvores gigantes e toda sorte de vegetação crescia, formando grandes e espessas florestas, favorecidas pela atmosfera muito rica em CO2, permitindo a intensificação da função clorofiliana e o crescimento dos vegetais em um clima particularmente quente e úmido.

O carvão é então a parte celulósica da vegetação, transformada pelo tempo, pressão, bactérias e outros agentes anaeróbicos, em uma massa carbonosa.

Sucessivas formações de florestas e afundamentos podem ter ocorrido ao longo de milhares de anos em uma mesma região, e então, camadas e camadas de carvões diferentes serão encontradas.

A matéria vegetal flutuante pode ainda ter sido transportada pelos rios e acumulada no fundo dos lagos ou pântanos mais ou menos isolados, e, assim, bactérias carboníferas limitadas serão encontradas separadas umas das outras, a profundidades diferentes.

A ocorrência do carvão no Brasil encontra-se principalmente nos estados do Rio Grande do Sul (28 bilhões de toneladas), Santa Catarina (3,3 bilhões de toneladas) e Paraná (104 milhões de toneladas).

👉 Quer conhecer também os dados das Exportações para a Rússia? Confira o nosso artigo!

Economia da Rússia

A Federação da Rússia possui importantes recursos naturais e humanos, que constituem forte potencial do desenvolvimento econômico. O país tem a maior reserva de gás natural do mundo e umas das maiores reservas de carvão e de petróleo.

Além disso, a economia do estado é caracterizada pelo forte setor militar, industrial e científico. A Rússia é um dos maiores vendedores de armas militares para dezenas de países, tais como a China, a Índia, o Vietnã, a Venezuela e outros, interessados em desenvolver a cooperação técnico-militar com a Rússia. O país tem enormes capacidades científicas, ou seja, é uma das primeiras potências espaciais e faz parte do clube nuclear.

Após a desintegração da União Soviética, a Rússia sofreu severa contração econômica, enquanto as elites políticas divergiam sobre a implementação das reformas, mas finalmente foi estabelecida a economia de mercado moderna.  No decorrer da década de 2000, o estado tem conseguido altas taxas de crescimento econômico, o que tornou o país uma das maiores economias do mundo. Beneficiando-se do aumento nos preços de petróleo e de gás, a Rússia conseguiu pagar uma boa parte da sua dívida externa, que foi gigantesca, e aumentou significativamente as suas reservas monetárias internacionais. Ao mesmo tempo, a classe média tem-se expandido e a pobreza tem vindo a diminuir.

A Rússia faz parte do acrônimo BRICS, que integra os países emergentes. E, segundo as estimativas econômicas, em 2050 será classificada entre as cinco maiores economias do planeta.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Quanto o Brasil importa de carvão da Rússia?

Em 2021, o Brasil importação um valor de US$ 480 milhões em carvão da Rússia.

leandro.sprenger

Empreendedor, Apaixonado por Tecnologia, Especialista em TI para Comércio Exterior e responsável pela criação de diversos sistemas de BI para Comex por mais de 12 anos. Co-criador da Plataforma de Ensino SimulaComex e do Sistema FComex.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.