IMPORTAÇÃO NO BRASIL | Principais Produtos Importados em 2020

Você sabe quais são os principais produtos importados pelo Brasil em 2020? Importar é trazer um produto, bem ou serviço de outro país ao mercado interno de forma temporária ou definitiva. Descubra o que o Brasil importa.

Em 2020, nosso país foi o 31º maior importador do mundo. Veja então quais são os produtos que mais compramos de outros países. O que você verá neste artigo:

  • Quais os principais produtos importados pelo Brasil
  • Como funciona a importação
  • Principais Produtos Importados pelos Estados Brasileiros
  • Principais produtos Importados pelo Brasil em 2021
  • O que é a importação

Vem saber mais sobre as importações brasileiras em 2020! 😉

Principais produtos importados pelo Brasil em 2020

Segundo dados governamentais disponibilizados pelo Comexstat, os produtos mais importados pelo Brasil são:

  1. Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes
  2. Adubos ou fertilizantes químicos (exceto fertilizantes brutos)
  3. Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos)
  4. Demais produtos – Indústria de Transformação
  5. Equipamentos de telecomunicações, incluindo peças e acessórios
  6. Válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio ou fotocátodo, diodos, transistores
  7. Compostos organo-inorgânicos, compostos heterocíclicos, ácidos nucléicos e seus sais, e sulfonamidas
  8. Obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns
  9. Medicamentos e produtos farmacêuticos, exceto veterinários
  10. Inseticidas, rodenticidas, fungicidas, herbicidas, reguladores de crescimento para plantas, desinfetantes e semelhantes

A seguir vamos entender cada um deles um pouco melhor.

1) Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes

Aqui estão as tão importantes plataformas normalmente utilizadas na exploração e produção de petróleo e gás natural, como já vimos no texto Principais Produtos Importados pelo Brasil. As importações de estruturas flutuantes alcançaram US$ 10,2 bilhões em 2020.

2) Adubos ou fertilizantes químicos (exceto fertilizantes brutos)

As importações de adubos e fertilizantes químicos chegaram a US$ 8 bilhões em 2020, apesar da queda de -12% quando comparado a 2019 (5% de participação).

3) Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos)

Diferentemente do crescimento contínuo observado nos últimos anos, a importação de combustível despencou em 2020 (-43%) refletindo a brutal queda na demanda por conta da restrição de circulação, em função da pandemia.

4) Demais produtos – Indústria de Transformação

Indústria de transformação é o termo utilizado para classificar os sistemas de produção que transformam um elemento em outro, uma matéria-prima em um bem, diferenciando-se do setor de produção agrícola e indústria extrativa de vegetal ou mineral. Inclui todos os momentos da produção industrial. Abrange por exemplo as indústrias que transformam aço em máquinas e ferramentas, a produção agroindustrial que transforma cana em açúcar, a fabricação de bens de consumo como automóveis e roupas. Essas importações atingiram US$ 7,2 bilhões em 2020 (4,6% de participação, com uma queda de -19% comparando com 2019)..

5) Equipamentos de telecomunicações, incluindo peças e acessórios

Aparelhos celulares e suas partes estão contidos nessa primeira colocação, que em 2020 totalizou US$ 6,6 bilhões de importações, apresentando uma variação negativa de -5,44% em relação ao ano anterior e atingindo 4,2% do total das importações.

6) Válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio ou fotocátodo, diodos, transistores

São materiais da indústria eletrônica de utilização diversa. Em 2020 foram importados US$ 5,4 bilhões desses materiais, chegando a 3,4% do total das importações

7) Compostos organo-inorgânicos, compostos heterocíclicos, ácidos nucléicos e seus sais, e sulfonamidas

Compostos inorgânicos são substâncias formadas por átomos ou moléculas de pelo menos dois elementos diferentes, e que não contenha em sua estrutura átomos de carbono formando cadeias e ligados ao hidrogênio.

Compostos orgânicos são moléculas formadas por átomos de carbono ligados por meio de ligações covalentes entre si e com outros elementos, como hidrogênio, oxigênio, nitrogênio, fósforo e halogênios.

Compostos heterocíclicos e seus sais e sulfonamidas são composições químicas usadas normalmente no desenvolvimento de medicamentos. É composto por um anel do qual fazem parte pelo menos dois tipos de átomos, pelo menos um destes átomos é envolvido por carbono. 

Dos compostos apresentados acima foram importados US$ 5,1 bilhões em 2020 (3,2% do total, com um decréscimo de -6,34% em relação a 2019).

8) Obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns

Depois de praticamente dobrar de 2018 para 2019, essas importações cresceram apenas 3,2% e totalizaram US$ 5,1 bilhões em 2020, resultando numa participação de 3,2% 

9) Medicamentos e produtos farmacêuticos, exceto veterinários

Chegamos à nona posição e verificamos um aumento nas importações de medicamentos em 2020 em relação a 2019: 6,91%. Esse significativo aumento traduziu-se num valor total de US$ 4,6 bilhões em importações de remédios em 2020..

10) Inseticidas, rodenticidas, fungicidas, herbicidas, reguladores de crescimento para plantas, desinfetantes e semelhantes

As importações desse tipo de produto vêm crescendo nos últimos anos e em 2020 não foi diferente: foram importados US$ 3,7 bilhões pelo Brasil para utilização na área agrícola (2,3% de participação).

Para ilustrar:

Principais origens das Importações para o Brasil

A tabela abaixo mostra os principais países de onde o Brasil importou em 2020.

Origem das importações Participação  Valor FOB (US$)
China 23,3% 34 bilhões
Estados Unidos 16,5% 24,1 bilhões
Alemanha 5,9% 8,5 bilhões
Argentina 5,3% 7,7 bilhões
Coréia do Sul 2,8% 4 bilhões
Índia 2,7% 3,9 bilhões
Japão 2,5% 3,7 bilhões
Itália 2,4% 3,4 bilhões
França 2,2% 3,2 bilhões
10º México 2,2% 3,1 bilhões

Gráfico do Top 10 Origens das Importações Brasileiras

Para ilustrar, veja o Gráfico do Top 10 Origens das Importações:

Quanto o Brasil importa por ano?

Confira abaixo o histórico das importações brasileiras por ano. Veja o que o Brasil importou por ano na última década.

Ano Valor importado pelo Brasil em US$
2011 226,2 bilhões
2012 223,4 bilhões
2013 239,7 bilhões
2014 229,1 bilhões
2015 171,5 bilhões
2016 137,6 bilhões
2017 150,7 bilhões
2018 181,2 bilhões
2019 177,3 bilhões
2020 158,9 bilhões

Importações Brasileiras em 2021

Confira a seguir os dados gerados pelos ComexStat referente aos 10 principais produtos importados pelo Brasil em 2021:

  Produtos importados pelo Brasil Valor FOB US$
Adubos ou fertilizantes 13,4 bilhões
Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos 12,1 bilhões
Demais produtos – Indústria de transformação 8,9 bilhões
Medicamentos e produtos farmacêuticos, exceto veterinários 7,3 bilhões
Válvulas e tubos termiônicas 7,1 bilhões
Equipamentos de telecomunicações 7,0 bilhões
Partes e acessórios dos veículos automóveis 6,7 bilhões
Compostos orga-inorgânicos 5,9 bilhões
Gás natural, liquefeito 3,9 bilhões
10º Motores e máquinas não elétricos 3,8 bilhões

Confira na imagem a seguir a relação completa dos principais produtos importados pelo Brasil em 2021:

Principais Produtos Importados Pelos Estados Brasileiros

Confira abaixo os produtos mais importados por Estado Brasileiro. Veja o Ranking de Estados Importadores:

  1. Principais Produtos Importados por São Paulo
  2. Principais Produtos Importados por Rio de Janeiro
  3. Principais Produtos Importados por Santa Catarina
  4. Principais Produtos Importados por Paraná
  5. Principais Produtos Importados por Amazonas
  6. Principais Produtos Importados por Rio Grande do Sul
  7. Principais Produtos Importados por Minas Gerais
  8. Principais Produtos Importados por Bahia
  9. Principais Produtos Importados por Espírito Santo
  10. Principais Produtos Importados por Pernambuco

Importações Brasileiras em 2019

Em 2020, assim como a exportação, as importações brasileiras tiveram uma variação negativa significativa de -10,4% em comparação ao ano de 2019. 

No ano de 2020 a importação do Brasil fechou em US$ 158.930,5 milhões. 

Saiba quais são os Estados que mais Importam no Brasil, e os Estados que mais Exportam no Brasil. Se você gosta de estatísticas confira também o Ranking das Cidades que mais Importam no Brasil.

O que é importação?

O termo importação engloba uma grande variedade de operações, envolve diversos agentes e uma série de definições. Uma pessoa física que compra roupas de um site chinês ou uma empresa que importa matéria-prima, fazem o mesmo processo. No entanto, elas precisam seguir regras e normas para a liberação de entrada e saída de um produto no país. As estatísticas acima levam em conta as NCMs de cada produto. 

Você gostaria de saber também sobre os principais produtos exportados pelo Brasil? Então, confira o nosso artigo sobre o tema no nosso blog. 

👉🏼 Confira também nosso artigo sobre Importação de Arroz.

O que é o Novo Processo de Importação (NPI):

O Novo Processo de Importação, ou simplesmente NPI é o Projeto do Governo de reestruturação, simplificação e desburocratização das Importações Brasileiras. O Portal Siscomex é um dos instrumentos do NPI, no qual temos uma reestruturação de documentos eletrônicos tais como: a DUIMP, o Catálogo de Produtos, LPCO e outros.

Mas não ficando só nisso, e passando também por mapeamento, reestruturação de normas, processos e legislações. 

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Qual o principal produto que o Brasil importa?

Em 2020 os principais produtos importados pelo Brasil enquadram-se como plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes.

Quais as principais origens das importações Brasileiras?

China, Estados Unidos, Alemanha, Argentina, e Coréia do Sul foram as cinco principais país de origem das importações brasileiras em 2020.

Na importação, qual é o principal parceiro comercial do Brasil?

O principal parceiro comercial do Brasil é a China, tanto na Importação como na Exportação.

Regis Thomé

Despachante Aduaneiro Certificado OEA, com pós-graduação em Comércio Exterior e mais de 25 anos de atuação na área aduaneira prestando serviços de assessoria e consultoria para diversos importadores e exportadores. É co-founder da Althomex Consultoria e escritor colaborador do blog da Fazcomex.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.