Exportações brasileiras para o Peru

O Peru é mais um parceiro comercial do Brasil e no ano de 2019 as exportações ficaram na 24ª colocação como principal país para onde o Brasil exportou seus produtos.

Vamos agora conhecer mais sobre este parceiro comercial do Brasil e ver os principais produtos exportados pelo Brasil para o Peru.

Vem comigo.

Exportações para o Peru: entenda

O Peru é um país da América do Sul que abriga uma parte da Floresta Amazônica e um importante parceiro comercial do Brasil, fazendo parte da Associação Latino-Americana de Integração (ALADI), junto com mais 13 países o que inclui o Brasil. No ano de 2019 as exportações superaram o ano de 2018 em 2%, foram exportados no ano cerca de US$ 2,2 bilhões em produtos. O país teve uma participação de 1% nas exportações.

Em 2020, até maio já foram exportados cerca de US$ 704 milhões, uma queda bastante alta se for comparado ao ano de 2019 no mesmo período quando foram exportados US$ 900 milhões.

Principais produtos exportados para o Peru

A seguir, você pode conferir na tabela os principais produtos exportados para o Peru no ano de 2019.

Principais produtos exportações % Valor FOB US$
Veículos automóveis de passageiros 7,6 169 milhões
Veículos automóveis para transporte de mercadorias e usos especiais 7,3 162 milhões
Partes e acessórios dos veículos automotivos 7,1 158 milhões
Barras de ferro e aço, barras, cantoneiras e perfis (incluindo estacas-prancha) 6,5 145 milhões
Papel e cartão 5 110 milhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 4,8 107 milhões
Outras matérias plásticas em formas primárias 4,5 99,4 milhões
Instalações e equipamentos de engenharia civil e construtores, e suas partes 4 89,3 milhões
Veículos rodoviários 3,6 79,5 milhões
10º Produtos semi-acabados, lingotes e outras formas primárias de ferro ou aço 3 67,4 milhões

Fonte: ComexStat

Veículos automóveis de passageiros são os principais produtos exportados para o Peru, principalmente no ano de 2019 e geraram em receita US$ 169 milhões. Veículos automóveis para transporte de mercadorias e usos especiais aparecem na segunda colocação correspondendo a 7,3% de todas as exportações para o Peru e gerando uma receita de US$ 162 milhões.

Leia também sobre as importações do Peru para o Brasil.

Balança comercial Brasil x Peru

A balança comercial entre os dois países nos mostra um superávit no ano de 2019 no valor de US$ 680 milhões, ou seja, foram exportados mais produtos para o Peru do que importados do mesmo.

Confira:

A Associação Latino-Americana de Integração- ALADI.

As duas nações (Brasil e Peru) fazem parte da ALADI, que é a Associação Latino-Americana de Integração (ALADI).

A ALADI é um organismo intergovernamental formado por treze países latino-americanos. A sua do grupo fica localizado em Montevidéu, que é Capital do Uruguai.

O Grupo tem como objetivo tratar de assuntos econômicos e por isso, é visto por muitos, como um bloco econômico, porém, além destes assuntos, eles também buscam dar ênfase a assuntos que abordam a integração social e tecnológica nas nações participantes.

Economia do Peru

A economia do Peru baseia-se na exploração de minérios como a prata (terceiro produtor mundial), o zinco (quarto), o estanho (quinto) e o cobre (oitavo). Cultivam-se também cana-de-açúcar, açúcar, algodão, café e, na floresta, o trigo. Sua agricultura de subsistência é à base de milho e batata, cultivados principalmente nas serras. Existe no litoral a atividade pesqueira, e nela o Peru é um dos maiores produtores mundiais. Se a corrente marítima peruana favorece a pesca, também torna possível detectar a chegada do El Niño, quando os cardumes se afastam. A economia do Peru, baseia-se na exploração de alguns minérios como a prata, o zinco, o estanho e o cobre. Cultivam-se também cana-de-açúcar, açúcar, algodão café e na floresta, o trigo. Sua agricultura é a base de milho e batata (subsistência), cultivados principalmente nas serras. Existe no litoral a atividade pesqueira, e nela o Peru é um dos maiores produtores mundiais.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior.  😉

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.

Tenha o roteiro de elaboração da DU-E em mãos!