A tecnologia trazendo mais produtividade para o Comércio Exterior

Todo o profissional de Comex sabe que os processos de exportação e importação são longos e por vezes demorados.

Quando existem variáveis incontroláveis é ainda pior, como por exemplo, o sistema travar quando você está quase no final do processo.

produtividade

Produtividade: Tecnologia trazendo produtividade para Comex

A tecnologia contribuiu para a melhoria dos processos dentro do setor e dessa forma ela oportunizou que os trabalhos mais operacionais fossem realizados em um formato mais organizado, ágil e automatizado.

Na década de 90, por exemplo, o governo brasileiro passou em investir em sistemas virtuais para a área de Comex.

O hoje conhecido SISCOMEX - Sistema Integrado de Comércio Exterior, foi criado para organizar melhor as relações entre os órgãos governamentais da área, mas, mesmo com o incentivo do governo, algumas empresas continuaram fazendo tudo à mão.

A área de Comex busca, diariamente, crescer em tecnologia trazendo mais agilidade na realização de seus processos e a sua empresa não pode ficar para trás neste processo de modernização e facilitação. Afinal contar com o uso de softwares para comércio exterior já é uma realidade nos países de destaque na economia mundial e chegou para ficar no mercado, assim como a internet e os smartphones.

👉🏻 Comércio exterior: cargos e funções

Como Sistemas de Exportação podem te ajudar

Trazendo essa agilidade e a implantação de softwares na área, é possível perceber também uma queda de erros na hora de fazer os documentos de exportação e importação.

Muito além dos benefícios que já citamos aqui, como:

  • Agilidade no processo;
  • Diminuição de erros nos processos;
  • Otimização de tempo do colaborador;

A Tecnologia para o comércio exterior, tem como objetivo aperfeiçoar diversas características importantes dentro das empresas, como a otimização de tempo de seus colaboradores e maior ganho em desempenho nas atividades propostas.

Entendendo esse cenário, acho que você já compreendeu que é hora de ganhar tempo no seu dia a dia de trabalho e ter mais produtividade, tanto no trabalho pessoal quanto nos processos gerenciais.

Algumas outras dicas de produtividade que você pode ter para aplicar no seu dia a dia:

1 – Tenha metas claras

Quando você chegar ao trabalho, ao contrário de já pensar em todas as suas atividades, pense nas atividades principais precisam ser desenvolvidas no dia e anote elas.

2 -Planeje com antecedência

Ter uma visão clara do que você precisa desenvolver e quando, faz com que você consiga enxergar o que precisa ser realizado.

3 -Priorize suas atividades

Depois de identificar quais as suas tarefas são essenciais para o dia de trabalho ser produtivo, categorize as demais atividades.

4 -Se auto avalie

Em rotinas tão corridas, se faz necessário tirar um tempo para si e se auto-avaliar. Pegue um dia da semana e avalie como foi o seu desenvolvimento.

5 – Use a tecnologia a seu favor

Em meio a tantas atividades, muitas vezes, burocráticas, que demandam muito tempo de execução, ou que, por situações incontroláveis pode gerar um retrabalho gigante, identifique pontos em que a tecnologia pode estar à seu favor. Para ler este material completo com as dicas de produtividade, clique aqui.

6 – Identifique tarefas que possam ser otimizadas

Hoje em dia com tantas soluções, é impossível não achar alguma que não possa ou não consiga ser otimizada. Na rotina de quem trabalha com exportação, por exemplo, sabe o quanto é trabalhoso estar no meio da DU-E e o sistema SISCOMEX cair e assim precisar fazer tudo novamente.

Em momentos como esse, contar com soluções como o sistema FCOMEX, facilita e muito a sua vida, porque através de sistemas assim, você salva o andamento de uma DU-E a qualquer momento e continua quando for necessário, não precisará mais dividir sua nota fiscal de exportação em diversas notas por causa do número de itens. Se quiser saber mais informações sobre o sistema, é só clicar aqui!

Sistema de Emissão de DU-E

Qual a importância do Comércio Exterior?

Uma das principais vantagens do Comércio Exterior é a possibilidade de importar mercadorias não existentes no país. Esse investimento é muito benéfico, pois garante um diferencial competitivo para as empresas que comercializam esses produtos internacionais no Brasil.

O mesmo vale para a exportação. Existem mercadorias que temos em grandes volumes no país, como é o caso dos produtos de origem agrícola. Os granéis agrícolas, como a soja, o milho e o trigo, são produzidos em grande escala no país, e a exportação contribui muito para a economia nacional.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

Sinara Bueno
Leandro Sprenger

Empreendedor, Apaixonado por Tecnologia, Especialista em TI para Comércio Exterior e responsável pela criação de diversos sistemas de BI para Comex por mais de 15 anos. Co-criador da Plataforma de Ensino SimulaComex e do Sistema FComex.

Webinário - Como elaborar e automatizar a DU-E na prática