Exportações de Frutas Brasileiras

Em nosso artigo de hoje abordaremos a Exportação de Frutas, vamos entender sobretudo, como funciona e descobrir para onde exportamos frutas brasileiras. As exportações de frutas em 2019 foi bastante considerável, fazendo com que o ano fosse, então, o melhor dos últimos 10 anos. 

Mas não foi apenas as frutas que se destacaram não, temos também produtos como café, celulose e milho que chamaram a atenção quando falamos de exportação em 2019.

Exportação de Frutas em 2019

O ano de 2019 marcou as exportações de frutícolas de uma forma bastante considerável, levando a um crescimento de cerca de 13% nos três primeiros trimestres do ano. O que resultou em mais de 513 milhões de dólares, aumento de 6% comparados ao mesmo período do ano passado (2018).

Em 2018, o Brasil exportou inesperadamente 877,5 mil toneladas de frutas, in natura e processadas. Em 2019 tivemos surpreendentemente um acréscimo na quantidade em toneladas de basicamente 15% deixando 2019 com  947.709,1 toneladas exportadas. Gerando então uma receita em valor FOB de US$ 924 milhões. Entretanto, o valor por quilograma de fruta foi algo que diminuiu em 2019 em comparação ao ano de 2018 quando o quilo custava US$ 1,078, passando a custar em 2019 US$ 0,97.

Entre janeiro e fevereiro deste ano foram exportados em Valor FOB US$ 120 milhões, uma baixa de mais de US$ 8 milhões em comparação ao mesmo período do ano anterior.

De janeiro a setembro deste ano, dentre as principais frutas exportadas, destaque em volume para melancia, 81,5%, uva, 64%, manga, 41,63%, abacate, 34,50% e banana, 32,28%. Todos estes dados foram apurados pelo site Abrafrutas.

Para quais países o Brasil exporta Frutas

Confira a seguir tabela com os países para onde foram as exportações de frutas no ano de 2019:

País de destino Valor FOB US$
Países Baixos (Holanda) 299 milhões
Reino Unido 136 milhões
Estados Unidos 118 milhões
Espanha 102 milhões
Portugal 33,8 milhões
Canadá 30,8 milhões
Alemanha 28,5 milhões
Argentina 19 milhões
Itália 17,4 milhões
10º Rússia 14,6 milhões

O principal país de destino no ano de 2019 foi portanto, Países Baixos (Holanda) para onde foram em porcentagem cerca de 32% das frutas brasileiras. Em seguida aparece o Reino Unido com 15% das exportações frutícolas do ano passado. A China não aparece entre os 10 principais países, porém a projeção para os próximos anos é de que o país se torne um dos principais importadores do produto.

Os estados brasileiros que mais exportam o produto são Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia.

Motivos para incluir as frutas na dieta

1. São sobretudo fontes de minerais e vitaminas essenciais para o organismo;

2. Frutas cítricas, como laranja e limão, ajudam então a fortalecer a imunidade;

3. Para fortalecer a saúde do sistema nervoso, frutas oleaginosas e ricas em gordura são portanto ótimas opções;

4. Frutas vermelhas melhoram principalmente a saúde da pele e do cabelo;

5. Consuma frutas com o propósito de reduzir o risco de diabetes e de doenças cardiovasculares;

6. São importantes para que a formação dos bebês no período da gravidez seja saudável.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior.  😉

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.