Importações de Minério de Cobre

A exportação brasileira de minério de cobre avançou nos últimos anos, no entanto, mesmo com a maior produção devido a entrada em operação de novas minas da Vale, o mercado interno ainda é dependente da commodity vinda do exterior. O cobre é um elemento químico sua temperatura ambiente encontra-se no estado sólido, é um metal de transição. Este minério foi, provavelmente, o primeiro metal minerado e trabalhado pelo homem. Agora, trarei a você um pouco mais sobre a sua importação para o Brasil, pois o minério de cobre aparece como um dos principais produtos importados pelo Brasil no ano de 2019. 

Então, vamos para os dados mais precisos, vem comigo 🙂

Importação de Minério de Cobre 

As importações de minério de cobre em 2019 foram consideráveis, deixando o produto até setembro como um dos 10 mais importados do país, mas claro que houve algumas mudanças que fizeram com que o produto caísse ficando, então, na 56º colocação. Foram importados no ano cerca de 450.886,2 toneladas do produto, número este maior do que o importado no ano de 2018, quando houve importação de cerca de 377 mil toneladas.

Gerou em 2019 uma receita de US$ 728 milhões.

De onde vem o minério de cobre importado pelo Brasil

Confira a seguir uma tabela com as principais origens do minério de cobre importado pelo Brasil em 2019:

Países de Origem Valor FOB US$
Chile 398 milhões
Peru 286 milhões
Estado Unidos 43,4 milhões
Países Baixos (Holanda) 624 mil

Fonte: Comexstat – Janeiro a Dezembro de 2019

Como podemos ver, poucos países exportaram o Minério de cobre para o Brasil, entre eles estão o Chile e o Peru, que fazem parte da América Latina e, com isso, o Brasil tem mais facilidade na hora de importar produtos.

Em receita, o ano foi ótimo para o Chile, que rendeu em valor FOB, um total de US$ 398 milhões.

O que é o Minério de Cobre e seu uso

O cobre é um elemento químico metálico, de cor vermelho-amarelada, que forma dois óxidos: o cuproso e o cúprico. Não sofre conseqüências da ação do ar seco, mas, quando exposto a ar úmido que contenha dióxido de carbono, forma-se uma camada protetora esverdeada de carbonato básico, também conhecido como azinhavre. Com esse corpo tóxico, os utensílios de cobre usados na cozinha devem ser estanhados ou mantidos sempre limpos. É o segundo metal em condução de eletricidade e, junto com suas ligas, é o terceiro metal mais utilizado no mundo, atrás somente do aço e do alumínio. Em razão da sua elevada capacidade de condução térmica, o cobre é a matéria-prima mais utilizada na fabricação de cabos, fios e lâminas. Além disso, é maleável e dúctil, podendo ser estirado sem causar quebras. Entre os compostos cuprosos, destaca-se o óxido vermelho, que serve para colorir vidros

E aí, gostou deste conteúdo? Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais e se inscreva no nosso blog para ficar por dentro dos assuntos de Comércio Exterior. 😉

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.