IMPORTAÇÕES DE PIRACICABA | 5 produtos mais comercializados

Abordaremos neste texto alguns aspectos envolvendo as Importações de Piracicaba – SP. Também iremos falar sobre a balança comercial da cidade paulista, bem como sua economia local.

Piracicaba é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo. Pertence à Mesorregião e Microrregião de Piracicaba, localizando-se a noroeste da capital do estado, distando desta cerca de 164 km.

Quer saber mais sobre as importações da cidade de Piracicaba – SP? Então confira este texto, vem comigo! 😉

Importações de Piracicaba – SP: principais produtos

Segundo levantamentos realizados pelo Comex Sat, em 2021, os principais produtos importados de Piracicaba foram:

  1. Partes e acessórios dos veículos automóveis
  2. Partes de máquinas e aparelhos das posições  8425 e 8430
  3. Motores de pistão, de ignição por compressão
  4. Veios (árvores) de transmissão
  5. Motores de pistão, alternativo ou rotativo

Fonte: ComexStat — Dados do Ano de 2021.

Com relação aos principais produtos importados de Piracicaba, Máquinas e aparelhos, material elétrico saem na frente, seguido da categoria de Material de transporte e Metais comuns e suas obras.

Veja agora a relação completa dos produtos importados por Piracicaba – SP na imagem a seguir:

Em 2020, sua população foi estimada pelo IBGE em 407 252 habitantes, sendo o 16º mais populoso de São Paulo.

A cidade tornou-se uma das primeiras a se industrializar no país, com a abertura de plantas fabris ligadas ao setor metal-mecânico e de equipamentos destinados à produção de açúcar.

Nos últimos anos, esta atividade expandiu-se para o setor sucroalcooleiro, com a criação do programa Pró-álcool, voltado para a produção de álcool hidratado para uso automotivo. Além da importância econômica, Piracicaba ainda é um importante centro cultural de sua região.

Balança comercial de Piracicaba – SP

Até dezembro de 2021, Piracicaba apontou um Déficit de US$ – 327,06 Milhões, isso significa que foram importados mais produtos de outras regiões do que exportados por Piracicaba – SP. Ou seja, a cidade ocupa atualmente o 19º lugar no ranking de importações brasileiras.

No ranking das exportações brasileiras, Piracicaba ocupa o 19º lugar das cidades que mais exportam no Brasil.

Só para exemplificar, em 2020 a Balança Comercial nos apresentou, um Déficit de US$ – 182,49 milhões, valor relativamente alto se comparado com outras cidades paulistas. Embora ainda tenha um importante campo a ser explorado nas relações do Comex.

Se você está procurando por Despachantes Aduaneiros em Piracicaba – SP, confira em nosso Portal de Empresas os principais despachantes aduaneiros das cidades paulistas e também de todo o país.

Escrevemos um texto abordando a Exportação no Brasil, nele você irá conhecer os principais produtos comercializados com outros países.

Veja agora os dados completos da balança comercial de 2021 em Piracicaba – SP, conforme imagem abaixo:

De acordo com o IBGE, a cidade possui cerca de 15 055 unidades locais e 14 522 empresas e estabelecimentos comerciais atuantes.

138 654 trabalhadores são classificados como pessoal ocupado total e 118 295 categorizam-se em pessoal ocupado assalariado. Salários juntamente com outras remunerações somavam 2 925 666 mil.

O setor agrícola passou a se concentrar na produção sucroalcooleira. Além desta significativa atividade agrícola, Piracicaba tem um dos principais centros industriais da região e conta com diversas universidades.

Localização da cidade paulista

Piracicaba ocupa uma área de 1 376,913 km², sendo que 31,5733 km² estão em perímetro urbano e os 1 345,339 km² restantes constituem a zona rural.

No relevo de Piracicaba apresenta-se predominância de áreas acidentadas, sendo que a depressão é maior na parte central de seu território.

Ela continua pelo sentido leste-oeste do curso do Rio Piracicaba, aumentando sua acentuação no interior da zona urbana a partir do salto do Rio Piracicaba.

Em Piracicaba ocorre uma grande diversidade de solos, que em determinadas áreas apresentam boa fertilidade, o que acaba favorecendo a agricultura no município.

Para ilustrar, confira abaixo o mapa de Piracicaba – SP:

De fato, Piracicaba é um município muito importante para o Comex no Brasil, e um vasto campo a ser explorado nas relações de negócios.

Confira também os artigos sobre os Principais Portos do Brasil e os Principais Produtos Importados por São Paulo.

Por fim, separamos alguns artigos que falam das importações de cidades brasileiras.

Conheça a lista de alguns dos nossos textos sobre importações, são eles:

O que é o Novo Processo de Importação (NPI):

O Novo Processo de Importação, ou simplesmente NPI é o Projeto do Governo de reestruturação, simplificação e desburocratização das Importações Brasileiras. O Portal Siscomex é um dos instrumentos do NPI, no qual temos uma reestruturação de documentos eletrônicos tais como: a DUIMP, o Catálogo de Produtos, LPCO e outros.

Mas não ficando só nisso, e passando também por mapeamento, reestruturação de normas, processos e legislações.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Quais os principais produtos importados de Piracicaba - SP?

Os principais produtos importados de Piracicaba - SP são: Partes e acessórios dos veículos automóveis, partes de máquinas e aparelhos das posições  8425 e 8430, motores de pistão, de ignição por compressão, veios (árvores) de transmissão e motores de pistão, alternativo ou rotativo.

Qual a área total do território de Piracicaba - SP?

A área total do território de Piracicaba - SP é de 1 376,913 Km².

Qual o valor da balança comercial em Piracicaba em 2021?

Em 2021, Piracicaba - SP apontou um Déficit de US$ – 327,06 milhões.

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.