Incêndio do navio MV X-Press Pearl no Sri Lanka

No último dia 25 (maio), uma enorme explosão atingiu o navio porta-contêiner MV X-Press Pearl, ancorado próximo a Colombo, maior cidade e centro financeiro do Sri Lanka. O impacto foi de tamanha proporção que toda a tripulação teve que ser evacuada rapidamente. 

Ao todo, 25 tripulantes, entre russos, chineses, filipinos e indianos trabalhavam no momento da explosão. Duas pessoas feriram-se e  foram encaminhadas ao centro médico da região. Entretanto não se sabe a gravidade das lesões nos trabalhadores.

Conforme informações da TV Al Jazeera, o navio porta-contêiner MV X-Press Pearl estava ancorado a 9,5 milhas náuticas, cerca de 18 km da de Colombo, quando um incêndio começou no dia (20). 

O navio porta-contêiner estava a caminho do Porto de Colombo, vindo do Estado indiano de Gujarat, mais precisamente do Porto de Hazira

Incêndio no navio porta-contêiner MV X Press Pearl

Causa do incêndio no navio porta-contêiner MV X-Press Pearl

Ainda segundo levantamentos realizados pela empresa de comunicação, o navio, com bandeira de Cingapura, transportava cosméticos e produtos químicos, incluindo 25 toneladas de ácido nítrico, quando as chamas começaram a se alastrar em um contêiner. 

O incêndio iniciou, acredita-se, por falha na embalagem de uma das cargas. Assim que detectado o vazamento prontamente o Comandante do navio porta-contêiner MV X-Press Pearl solicitou arribada ao porto de Hamad no Qatar. Porém foi negado, dias depois atracado em Hazira na Índia, pediu às autoridades para desembarcar os containers contendo Ácido Nítrico o que poderia evitar o desastre.

A atitude pouco colaborativa das autoridades portuárias levou o navio ao desastre com início de incêndio incontrolável e com grave risco ambiental.

Apenas para exemplificar a amplitude do incêndio, o navio estava carregando 1.486 contêineres. Com o impacto e força das chamas, vários contêineres acabaram caindo na água. O navio, também transporta 278 toneladas de combustível e 50 toneladas de diesel marítimo.

Os profissionais especialistas em combate a incêndio rapidamente evacuaram o navio. As autoridades do Sri Lanka informaram que especialistas da Holanda e Bélgica estão inspecionando o navio, e, ao mesmo tempo, a Índia emitiu um pronunciamento, dizendo que está enviando dois navios e uma aeronave para auxiliar no combate aos incêndios

A Marinha do Sri Lanka relata que o fogo, que foi agravado por fortes ventos.

Explosão do navio porta-contêiner MV X-Press Pearl: impactos ambientais

Um navio de prevenção da poluição marítima da Guarda Costeira indiana chegou na última terça-feira (25). O objetivo é auxiliar nos processos de recuperação da área afetada pelos resíduos despejados no mar. 

Os impactos causados pelo incidente são diversos. Eles vão desde os produtos que caíram no mar, até fumaça e demais produtos levados até a baía da região.

No local, moram muitas famílias que têm em sua fonte de renda a pesca, que no momento, está interrompida. As autoridades ambientais realizam todos os atendimentos necessários de recuperação e preservação do espaço afetado por toda a poluição.

De acordo com a Marinha do país, o incêndio enfraqueceu a estrutura do navio de 186 metros de comprimento. Isso também colaborou para verter o seu óleo sobre o mar. Este é mais um ponto de preocupação ambiental que as autoridades estão tomando.

O Sri Lanka exigiu 17 milhões de dólares aos proprietários do petroleiro para cobrir os custos de limpeza.

Região do Sri Lanka foi afetada pela poluição do incêndio

Confira a seguir algumas imagens dos impactos causados pelo incêndio na região afetada:

Impactos ambientais caudados pelo incêndio

As autoridades estão investigando as circunstâncias da fuga do ácido nítrico que a tripulação supostamente notou antes mesmo de entrar nas águas do Sri Lanka.

O exército foi deslocado para a praia de Negombo para limpar os destroços de um contêiner que encalhou lá. A preocupação dos agentes ambientais do país também envolve as famílias que moram ao redor da região. Para ilustrar, confira a próxima imagem:

Contêineres foram arrastados até a baía da região

Importante ressaltar que, as famílias de todos os membros da tripulação foram avisadas sobre a evacuação segura da respectiva tripulação. Os familiares também estão sendo atualizados sobre quaisquer desenvolvimentos futuros com a saúde das pessoas a bordo. 

Para Ilustrar:

A empresa X-Press Feeders, responsável pelo transporte das cargas que foram atingidas pelo fogo, está informando todos os clientes em relação aos seus contêineres a bordo do navio.

Outro evento semelhante a este ocorreu em setembro do ano passado. O petroleiro New Diamond ardeu em chamas por uma semana na costa leste do Sri Lanka após uma explosão na sala de máquinas que matou um membro da tripulação. Seguiu-se um derramamento de óleo de 40 quilómetros de extensão.

Por fim, confira nosso artigo sobre os Principais Portos da Ásia. E os Principais Portos do Mundo.

Resumo

Qual o comprimento do navio MV X-Press Pearl?

O comprimento do porta-contêiner MV X-Press Pearl é de 186 metros.

Qual era a rota do navio?

O MV X-Press Pearl saiu do Porto de Hazira, na Índia e tinha destino o Porto de Colombo, no Sri Lanka.

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

🎯 Encontre Prestadores de Serviços de Comércio Exterior: Acesse o Portal de Empresas de Comex.