INCOTERM CIP: Qual a funcionalidade?

O INCOTERM CIP é mais um dos Incoterms, e quem utiliza e conhece comércio exterior já deve ter ouvido falar dele, porém antes vamos rever o que são os Incoterms ao seu geral.

Os Incoterms são regras criadas para quem exporta e importa mercadorias, são extremamente úteis e podem ser escolhidos de acordo com as necessidades do comprador e do vendedor, ao todo são 11 Incoterms que foram criados em 1936 pela câmara internacional do comércio a ICC, cada um dos Incoterms tem as suas regras próprias.

Os Incoterms são atualizados de tempos em tempos, modificando assim as suas regras, a última atualização foi em 2010, porém a próxima já foi lançada e entra em vigor a partir janeiro de 2020.

O que você vai ver hoje:

  • O que é o INCOTERM CIP;
  • Todos os Incoterms;
  • Cobertura de seguro no INCOTERM CIP; e
  • Divisão das responsabilidades.

Todos os Incoterms:

code Descrição
EXW EX Works…Na origem local designado
FCA Franco transportador…local designado
FAS Franco ao longo do navio… porto de embarque designado
FOB Franco a bordo… porto de embarque designado
CFR Custo e frete… porto de destino designado
CPT Porte pago até… porto de destino designado
CIF Custo, seguro e frete… porto de destino designado
CIP Porte pago, incluindo seguro até… local de destino designado
DAT Entrega no terminal… porto de destino designado
DAP Entrega no local… local de destino designado
DDP Entrega com direitos pagos… local de destino designado

 

INCOTERM-CIP

INCOTERM CIP como funciona

Porte e seguro pagos até (local de destino designado)

O transporte principal assim como o frete devem ser pagos pelo vendedor e a partir do momento em que a mercadoria é entregue ao transportador do seu destino a responsabilidade com relação a danos, perdas e roubos passa a ser inteiramente do comprador, caso o comprador queira ou então ache necessário pode contratar um seguro adicional para assim evitar .

Ele pode ser usado em qualquer modalidade de transporte.

Cobertura de seguro no INCOTERM CIP

De acordo com o termo CIP, o vendedor só precisa de fazer um seguro para uma cobertura mínima. Se o comprador desejar estar protegido por uma cobertura de seguro mais alargada, é necessário, nestas condições, obter o acordo do vendedor, ou então fazer ele mesmo um seguro suplementar.

Divisão das responsabilidades

Entenda como ficam divididas as responsabilidades de cada envolvido no processo do CIP:

No país de origem (país do vendedor):

  • Embalagem – Vendedor;
  • Identificação – Vendedor;
  • Carga na origem – Vendedor;
  • Transporte dentro do país de origem – Vendedor;
  • Seguro no país de origem – Vendedor;
  • Direitos de exportação – Vendedor;
  • Inspeção – Vendedor e Comprador;
  • Peritagem – Vendedor e Comprador;
  • Burocracias alfandegárias – Vendedor;
  • Armazenamento – Vendedor;
  • Despesas com o embarque – Vendedor; e
  • Estiva – Vendedor.

Entre o país de origem e o país de destino:

  • Transporte – Vendedor; e
  • Seguro internacional – Vendedor.

No país de destino (país do comprador):

  • Descarga – Vendedor;
  • Manuseio – Comprador;
  • Armazenagem – Comprador;
  • Burocracias alfandegárias – Comprador;
  • Direitos na importação – Comprador;
  • Transporte dentro do país de destino – Comprador;
  • Seguro no país de destino – Comprador; e
  • Descarga da mercadoria – Comprador

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior.  😉

E-book 7 Novidades Sobre o Novo Processo de Importação
Andriele Wollmann

Baixe o E-book "7 Novidades do Novo Processo de Importação"