Navios Ro-Ro: O que é

Carro, vagão de trem, caminhão, ônibus… Estes veículos contam com um tipo especial de navio para seu carregamento: os navios Ro-Ro. Vamos conhecer mais sobre esse tipo de navio? 😉

O que é um navio Ro-Ro?

Ro-Ro é a sigla utilizada para definir os navios cargueiros Roll on-Roll off. É um segmento específico dentro do universo da navegação. Numa tradução livre, Roll on-Roll off significa Rolar para dentro-Rolar para fora. Uma definição mais acurada seria navio de “carga rolante”, ou seja, aquela que embarca e desembarca do navio rolando, seja em cima de suas próprias rodas (ou lagartas), seja em cima de um equipamento específico para isso. 

Diferentemente do navio transportador de contêiner, o navio Ro Ro é todo fechado. É como se fosse um grande estacionamento vertical com várias rampas internas onde, na maioria das vezes, é possível ajustar a altura dos andares de acordo com o tipo de carga.

Antigamente, antes da invenção dos navios Ro-Ro, os veículos eram transportados nos navios da época como qualquer outra carga. Os automóveis tinham seus tanques de combustível esvaziados e suas baterias desconectadas antes de serem içados para o porão do navio, onde eram calçados e protegidos. Todo esse processo era demorado, arriscado e difícil.

Os primeiros navios Roll-on-Roll-off foram construídos no século XIX, objetivando realizar o transporte de trens por rios muito largos, nos quais era inviável a construção de pontes. Esses navios eram equipados com trilhos que podiam ser conectados aos que estavam em terra e o trem simplesmente rolava para dentro do navio e depois para fora. Com a necessidade de realizar o transporte de passageiros e veículos em geral, os navios Ro-Ro foram sendo aperfeiçoados para oferecer um melhor serviço. Dessa forma, estas embarcações passaram a representar um transporte mais seguro, com menor tempo de viagem e de carga e descarga, já que antes os carros eram carregados / descarregados por meio de guindastes. Com o crescimento do comércio internacional de veículos, surgiu a necessidade da criação de um navio especializado no transporte de carros. 

Os primeiros navios de carga Ro-Ro exclusivo de carros (Pure Car Carrier – PCC), especialmente equipados para o transporte de grandes quantidades de veículos, entraram em serviço no início dos anos 1960. Esses navios ainda tinham seus próprios equipamentos de carga e os chamados conveses suspensos. Durante a década de 1970, o mercado de exportação e importação de carros aumentou dramaticamente e o número e tipo de Ro-Ros também aumentou. Em 1970, a K-Line do Japão construiu o “Toyota Maru No.10”, o primeiro Ro-Ro exclusivo de carros (PCC) do Japão, e em 1973 construiu a European Highway, a maior embarcação transportadora exclusiva de carros (PCC) da época, que transportava 4.200 automóveis. 

Confira também nosso texto: Localização de Navios de Carga, saiba com rastrear em tempo real navios cargueiros.

Qual tipo de carga pode utilizar o navio Ro-Ro?

Atualmente, o segmento Ro-Ro atende também um nicho de mercado de cargas de projeto, aquelas cujas medidas, dimensões e peso são fora dos padrões para o embarque em contêineres convencionais. No mercado já que existem navios Ro-Ro que possuem capacidade de levar cargas de até seis metros (maior lado) e quatrocentas toneladas. Dessa forma, diversos tipos de cargas podem ser transportadas em navios Ro-Ro:

  • veículos de passeio;
  • caminhões;
  • ônibus;
  • tratores;
  • vagões de trem ou metrô;
  • maquinário para agricultura;
  • maquinário para engenharia civil;
  • aviões pequenos; 
  • helicópteros; e
  • carga de projeto, tais como: pás eólicas, reatores, plataformas, guindastes, transformadores, turbinas, geradores e equipamentos de grande porte. 

Tipos de navios Ro-Ro

Existem atualmente diversos tipos de navios Ro-Ro: 

  1. Ferry Boat ou RoPax: modelo que permite o transporte de passageiros e automóveis, cada qual em locais específicos dentro da embarcação. É o navio Ro-Ro mais tradicional, transporta carros principalmente em viagens de turismo, quando os passageiros embarcam em seus automóveis. Em geral são embarcações relativamente pequenas, com dois ou três conveses e são carregados e descarregados por rampas, na proa ou na popa. Aqui no Brasil temos ferries boats em diversas cidades litorâneas. 
  2. ConRo ou RonCo – Ro-Ro Porta-Contêineres: projetados para transportar contêineres e cargas Ro-Ro através da rampa. Geralmente esse tipo de navio transporta contêineres na parte de cima e as cargas rolantes abaixo do convés.
  3. Ro-Ro Multi-Purpose: programado para todo o tipo de carga rolante, sejam contêineres por empilhadeiras ou carga de projeto. 
  4. Pure Car Carrier ou Pure Car & Truck Carrier: são embarcações projetadas especialmente para o transporte de quantidades extremamente elevadas de carros de passageiros (PCC) e caminhões (PCTC). A distância entre os decks pode ser ajustada, dependendo da altura dos veículos transportados.

👉🏼 Aproveite e confira nosso artigo: Portos Brasileiros: Quais os principais

Acidentes com navios Ro-Ro

Durante todo o artigo, vimos as diversas vantagens, bem como a versatilidade dos navios Ro-Ro. Contudo, embora os navios Ro-Ro representem uma proporção muito pequena da tonelagem da marinha mercante mundial, 33% dos acidentes marítimos acontecem com esse tipo de navio atualmente. Somente neste século já foram 17 acidentes com mais de 2.200 vítimas fatais. Existem alguns perigos os quais não afetam apenas a segurança das embarcações roll-on / roll-off, mas também os tripulantes. Relacionamos alguns fatores de risco abaixo.

  • número insuficiente e posicionamento incorreto de pontos de fixação (peação);
  • pontos de fixação fracos;
  • rampas, elevadores e portas de proa e popa mal conservadas;
  • decks molhados, mal conservados, mal iluminados ou mal planejados;
  • veículos sendo movidos negligentemente em plataformas de veículos e rampas; e
  • amarrações insuficientes ou aplicadas incorretamente ou uso incorreto de equipamento de amarração ou de resistência inadequada, tendo em conta a massa e o centro de gravidade do veículo e as condições meteorológicas que podem ocorrer durante a viagem.

👉🏼 Aproveite e confira nosso artigo: Oceanbird: o navio cargueiro movido a vento

Você sabe o que é o calado do navio?

Calado do Navio é a distância vertical entre a parte inferior da quilha e a linha de flutuação de uma embarcação. É a medida da parte submersa do navio. Tecnicamente, é a distância da lâmina d’água até a quilha do navio. 

👉🏼 Por falar em navios, confira também o nosso texto sobre os Tipos de Navios.

 

E ai, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

Resumo

O que é um navio Ro-Ro?

Ro-Ro é a sigla utilizada para definir os navios cargueiros Roll on-Roll off. É um segmento específico dentro do universo da navegação. Numa tradução livre, Roll on-Roll off significa Rolar para dentro-Rolar para fora. Uma definição mais acurada seria navio de “carga rolante”, ou seja, aquela que embarca e desembarca do navio rolando, seja em cima de suas próprias rodas (ou lagartas), seja em cima de um equipamento específico para isso.

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

E-book Grátis: 7 Novidades do Novo Processo de Importação