O que é Comex?

É normal que as pessoas tenham dúvidas na hora de escolher um curso para estudar ou uma profissão para seguir, afinal, não é uma decisão fácil de se tomar.

Uma área que é muito importante e, além disso, interessante é Comércio Exterior, conhecida por seus estudantes e profissionais como Comex. O Comex é fundamental porque incentiva o desenvolvimento do país por meio dos processos de Importações e Exportações que são realizadas. E hoje, queremos explicar melhor que faz essa área.

Veja o que você verá hoje:

  • O que é Comex;
  • Áreas de Atuação;
  • Quais os Salários da área;
  • Como é a Graduação de Comex;
  • Como o profissional de Comex realiza a Análise de mercado; e
  • Conheça os Sistemas da área do Comércio Exterior.

Vamos lá!

 

O que é Comex?

Comex, ou Comércio Exterior, auxilia no progresso da economia do seu país, afinal, lida diretamente com os processos de venda e compra de produtos para dentro e fora do mesmo.  O comércio exterior trata das questões tributárias, financeiras, administrativas, comerciais e aduaneiras.

Ele lida com as trocas de produtos e tecnologias, gerando assim, novos empregos e movimentando a balança comercial do seu país, ou seja, tornando ele, um país mais rico, em todos os sentidos.

Com a tecnologia e a internet, a globalização transformou o mundo, deixando ele mais conectado, facilitando com que as mercadorias circulassem com mais facilidade e agilidade entre as fronteiras de países e de continentes.

A área de comércio exterior influencia diretamente no PIB do seu país, PIB que o Produto interno Bruto, que é um importante indicador sobre a atividade economia do país.

Calculado pelo IBGE, o PIB é formado pela soma de todos os bens e serviços finais de um país, em valores monetários, num determinado período. Importante ressaltar que são considerados apenas os bens e produtos finalizados, serviços, investimentos e gastos do governo, descartando assim os bens intermediários, serviços não remunerados, bens já existentes e atividades informais/ilegais.

Áreas de Atuação

De forma direta, o Comércio Exterior é formado por processos e áreas de Importação e Exportação na atuação dos profissionais.

Para atuar nessas áreas é interessante contar com algumas qualificações a mais no currículo, como por exemplo, uma segunda língua, mas esse critério não é regra.

É importante que o profissional esteja sempre atento à assuntos sobre economia,  política e em acontecimentos internacionais, pois qualquer eventualidade em outras nações pode resultar em mudanças nos procedimentos, afinal, no Comércio Exterior tudo está interligado.

O profissional de comex pode atuar em diversas áreas e não só em Importação e exportação. Ele pode realizar atividades nas áreas de Logística, em instituições financeiras de câmbio, empresas privadas ou governamentais, com despacho aduaneiro, por exemplo.  Veja outras áreas que é possível atuar também:

Agenciamento de carga

Aqui o profissional de comex é responsável pelas partes necessárias para a realização do transporte da mercadoria. Isso inclui: seguro e frete, além do acompanhamentos de todos os passos, para que nenhuma entrega se perca.

Compras Internacionais

Já o profissional atual como um meio de campo entre negociações com empresas estrangeiras. Realizando o fechando contratos de compra e venda e mantendo o relacionamento com as mesmas.

Cotação

A ser atuante na área de Cotação de Frete Internacional ou Frete Marítimo, o profissional de comex precisa englobar diversos conhecimentos, como: Logística, contabilidade, Direito, Informática e Inglês.

Aqui ele irá desenvolver o envio ou o recebimento com máxima segurança e agilidade, respeitando uma margem de custos.

Despachante Aduaneiro

O Despachante Aduaneiro possui poderes para realizar processos de exportação  ou importação, e tem com objetivo apresentar na alfândega que é a repartição governamental oficial de controle das operações de entrada e saída de mercadorias do país. Os  documentos que ficam sobre gestão do Profissional Despachante Aduaneiro, são sobre as normas tributárias relativos ao despacho de importação e exportação.

Logística

Cada vez mais empresa estão buscando a internacionalização de seus serviços e assim, a expansão de seus negócios com a exportação e a importação, e ao mesmo tempo que esse processo acontece, é necessário o auxílio do profissional para o desempenho central nas operações necessárias como compreender o fluxo de produzir, armazenar e transportar um determinado bem até seu destino final. 

Salários

Saber os valores salariais são sempre fatores que fazem com que tenhamos mais vontade ou não em escolher a tal profissão.

No comex, os cargos principais vão desde assistentes de Comércio Exterior, com piso salarial médio de R$1.800,00 até analistas, recebendo até R$ 7.407,00 em empresas de grande porte.

Os dados são referentes ao salário médio de um Tecnólogo em Comércio Exterior, considerando o porte da empresa e tempo de experiência do profissional.

A Graduação de Comex            

A graduação de Comércio Exterior conta com duração de até 4 anos e é composto de disciplinas como:

  • Economia;
  • Legislação Aduaneira;
  • Administração;
  • Práticas Cambiais; e
  • Outras disciplinas.

O profissional de Comex realizando a Análise de mercado

Essa área é importante para realizar o acompanhamento e planejamento estimado dos índices de importação e exportação, controlar o fluxo documental das operações e também dos regimes cambial e alfandegário.

O Profissional de Comex que estará agindo como Analista de análise de mercado, buscará identificar as maiores necessidades dos clientes segmentando por região e com objetivo de encontrar novas oportunidades de venda e compra e as melhores estratégias aplicáveis.

Também está sob responsabilidade deste profissional, cabe realizar a análise de cenários, tendências e oportunidades de mercado, determinando os modais de transporte mais adequados e participar no fechamento contratual de compra e venda internacional.

Sistemas da área do Comércio Exterior

No Brasil existem alguns sistemas responsáveis por controlar e administrar as atividades referentes ao comércio exterior, entre eles estão o Siscoserv e o Siscomex.

Siscoserv é a sigla utilizada para o Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio. Ele é responsável pelo acompanhamento e aferição das políticas públicas para o setor de serviços.

Já o Siscomex refere-se ao Sistema Integrado de Comércio Exterior, uma ferramenta administrativa que inclui as atividades de registro, acompanhamento e controle das operações de comércio exterior. Com ele foi possível inovar as operações, informatizando os controles existentes que antes eram feitos com uso de papel, carimbos e assinaturas.

De forma simplificada podemos dizer que no Siscomex registramos as exportações e importações de Produtos. Já por sua vez, o Siscoserv registramos as exportações e importações de Serviços.

Os processos de Exportações, normalmente, são longos e cheio de detalhes fundamentais que tornam ele longo e cansativo, fora que o Sistema do Governo pode apresentar instabilidade, dificultando ainda mais.

Como opção para te ajudar, existe o  Sistema FComex que otimiza o dia do profissional de comex gerando mais produtividade nos processos de exportações e justamente nos procedimentos longos. Nele você consegue fazer cálculos automáticos e o melhor: Não conta com instabilidade!

E aí? Gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre comércio exterior. 😉

leandro.sprenger

Empreendedor, Apaixonado por Tecnologia, Especialista em TI para Comércio Exterior e responsável pela criação de diversos sistemas de BI para Comex por mais de 12 anos. Co-criador da Plataforma de Ensino SimulaComex e do Sistema FComex.

E-book Grátis: 7 Novidades do Novo Processo de Importação