Exportação de Farelo de soja

Em nosso artigo de hoje falaremos sobre as exportações de Farelo e resíduos da extração de óleo de soja, que é produzido a partir da moagem de flocos de soja descascada e desengordurada. O farelo de soja possui aproximadamente de 42 a 50% de proteína em peso seco.

 

Exportações de farelo e resíduos da extração da soja

As exportações de farelo e resíduos da extração da soja foram consideráveis em 2019 deixando o produto na nona colocação entre os produtos mais exportados pelo Brasil no ano de 2019.

Em valores FOB houve uma queda de 11,5% se for comparado ao ano anterior de 2018, apesar do aumento de 0,1% na quantidades em toneladas.

>> Leia também sobre Soja e Milho: governo zera o Imposto de Importação

Para onde vão as exportações de farelo e resíduos da extração de óleo de soja

A seguir confira uma tabela com os principais destinos do Farelo de Soja:

Países de destino do farelo de soja

Valor FOB US$

Países Baixos 920,29 milhões
Tailândia 626,79 milhões
França 594,62 milhões
Alemanha 560,95 milhões
Indonésia 520,17 milhões
Coréia do Sul 503,83 milhões
Espanha 286,25 milhões
Irã 279,36 milhões
Eslovênia 211,05 milhões
10º Polônia 197,86 milhões

Fonte: ComexStat de Janeiro a Dezembro de 2019

O principal destino foi Países Baixos, conhecido como Holanda representando 16% dos principais destinos, correspondendo a um valor FOB de 920,29 milhões. Seguida da Tailândia que representa cerca de 11%.

Os principais estados que exportaram farelo de soja em 2019 foram sobretudo, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Goiás.

O que é o Farelo da soja

Como já citado no início deste texto, ele é produzido a partir da moagem de flocos de soja descascada e desengordurada. O farelo obtido como um subproduto na extração do óleo é usado, principalmente, como ração animal, devido ao alto teor de proteína (43 – 48%). Embora o farelo seja considerado tecnicamente um subproduto, ele é a parte mais lucrativa da indústria de óleo de soja. O preço do farelo no mercado varia de acordo com o seu índice de proteína.

E ai, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.