IMPORTAÇÕES DA COREIA DO NORTE | 3 produtos mais importados

No texto de hoje nós vamos falar mais sobre as Importações da Coreia do Norte. Conheça também a relação da balança comercial entre o país asiático e o Brasil, bem como a sua economia local.

A República Popular Democrática da Coreia é um país no leste da Ásia que constitui a parte norte da península coreana, com Pyongyang como capital e maior cidade do país. O país é limitado pela China e pela Rússia ao longo dos rios Amnok e Tumen, é limitado ao sul pela Coreia do Sul.

Quer conhecer mais sobre as Importações brasileiras da Coreia do Norte? Então pegue o seu café e venha comigo. 😉

Importações da Coreia do Norte: principais produtos

Segundo levantamentos realizados pelo Comex Sat, em 2020, os principais produtos brasileiros importados da Coreia do Norte foram:

  Produtos importados da Coreia do Norte Valor FOB US$
Bombas centrífugas ✔️ 13,2 mil
Tules, rendas e bordados ✔️ 1,98 mil
Demais produtos – Indústria de Transformação ✔️ 495

Fonte: ComexStat — Dados do Ano de 2020.

Com relação aos principais produtos importados da Coreia do Norte para o Brasil, a Indústria de Transformação é o único segmento comercializado entre os dois países.

Veja agora a relação completa dos produtos importados da Coreia do Norte na imagem a seguir:

Importações da Coreia do Norte: produtos

Balança comercial entre Coreia do Norte e Brasil

Até setembro de 2021, o Brasil aponta um Superávit de US$ 0,5 milhão, isso significa que foram exportados mais produtos para a Coreia do Norte do que importados do país. Entretanto, o país ocupa atualmente o 151º lugar no ranking de importações.

Já no ranking das exportações, a Coreia do Norte ocupa o 205º lugar dos países que mais comprar produtos brasileiros.

Só para exemplificar, em 2020 a Balança Comercial entre os dois países nos apresentou, um Superávit de US$ 0,1 milhão, valor relativamente baixo se comparado com outros países asiáticos. Embora ainda tenha um importante campo a ser explorado nas relações do Comex.

Escrevemos um texto abordando a Exportação no Brasil, nele você irá conhecer os principais produtos comercializados com outros países.

O crescimento do volume dos bens com origem nos seguintes parceiros comerciais foram os principais responsáveis pelo aumento do volume total importado na Ásia (-5,0 %).

👉 Confira também nosso artigo sobre as Exportações para a Coreia do Norte!

Veja agora os dados completos da balança comercial de 2020 conforme imagem abaixo:

Importações da Coreia do Norte: dados

Exportações para a Coreia do Norte: economia do país

A Coreia do Norte tem uma economia industrializada, autárquica, e altamente centralizada. Dos cinco países socialistas do mundo, a Coreia do Norte é um dos apenas dois (junto a Cuba) com uma economia inteiramente planejada pelo governo, e própria do Estado.

Importante ressaltar que a economia da Coreia do Norte é completamente nacionalizada, o que significa que alimentos, habitação, saúde e educação são oferecidos pelo Estado gratuitamente. O setor dominante da economia norte-coreana é a indústria (43,1%), seguida pela prestação de serviços (33,6%) e a agricultura (23,3%)

O país tem importantes recursos naturais e é o 18º maior produtor de ferro e zinco do mundo, tendo a 22ª maior reserva de carvão do mundo.

Localização geográfica do local

A área total da Coreia do Norte é de 120 540 Km². Cerca de 80% do território é composto por montanhas e planaltos, separados por vales profundos e estreitos. A grande maioria da população vive em planaltos e planícies; na maior parte, as planícies são pequenas. 

As mais extensas são as de Pyongyang e Chaeryong. Para ilustrar, confira o mapa da Coreia do Norte na imagem a seguir:

Mapa da região

De fato, a Coreia do Norte tem um grande potencial a ser explorado no comércio exterior brasileiro.

Confira também os artigos sobre os Principais Produtos Importados no Brasil e os Principais Portos da Ásia.

Conheça nossos outros textos sobre importações, são eles:

O que é o Novo Processo de Importação (NPI):

O Novo Processo de Importação, ou simplesmente NPI é o Projeto do Governo de reestruturação, simplificação e desburocratização das Importações Brasileiras. O Portal Siscomex é um dos instrumentos do NPI, no qual temos uma reestruturação de documentos eletrônicos tais como: a DUIMP, o Catálogo de Produtos, LPCO e outros.

Mas não ficando só nisso, e passando também por mapeamento, reestruturação de normas, processos e legislações.


E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e
drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 18

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Quais os principais produtos Importados da Coreia do Norte?

Bombas centrífugas, tules, rendas e bordados e demais produtos - Indústria de Transformação.

Qual é a área da Coreia do Norte?

A área total da Coreia do Norte é de 120 540 Km².

Como foi a situação da balança comercial entre a Coreia do Norte e o Brasil?

Em 2020 a Balança Comercial entre os dois países nos apresentou, um Superávit de US$ 0,1 milhão.

leandro.sprenger

Empreendedor, Apaixonado por Tecnologia, Especialista em TI para Comércio Exterior e responsável pela criação de diversos sistemas de BI para Comex por mais de 12 anos. Co-criador da Plataforma de Ensino SimulaComex e do Sistema FComex.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.