Importações da Índia

As importações da Índia são de extrema importância para o Brasil. A Índia está entre os dez principais países de onde o Brasil importa produtos, sendo o 7º principal. A Índia teve participação de 2,4% nas importações brasileiras no ano de 2019.

Vamos saber mais sobre as relações comerciais entre Brasil e Índia.

Importações da Índia: Entenda melhor

O ano de 2019 foi bastante produtivo para a Índia, pois o Brasil importa muitos produtos do país.

O Brasil desembolsou no ano US$ 4,3 bilhões em importações do país, tendo um acréscimo de 16% se comparado ao ano de 2018 quando haviam sido importados em valores da Índia um total de US$ 3,7 bilhões.

O ano de 2020, até maio, mostra a Índia ainda como o 7º principal país das importações brasil, tendo até o mês importado em valor US$ 1,62 bilhão, queda de mais de 11% se comparado ao mesmo período do ano anterior (2019), quando foram importados no período cerca de US$ 1,35 bilhão.

Principais Produtos Importados da Índia para o Brasil

Confira a seguir, quais o principais produtos importados pelo Brasil vindos da Índia.

Principais produtos importados % Valor FOB US$
Compostos organo-inorgânicos, compostos heterocíclicos, ácidos nucléicos e seus sais, e sulfonamidas 15 648 milhões
Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos) 13 538 milhões
Inseticidas, rodenticidas, fungicidas, herbicidas, desinfetantes e semelhantes 9,7 411 milhões
Outros medicamentos, incluindo veterinários 6,5 277 milhões
Fios têxteis 5,9 250 milhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 4,9 211 milhões
Compostos de função nitrogênio 4,5 192 milhões
Medicamentos e produtos farmacêuticos, exceto veterinários 3,5 148 milhões
Alumínio 2,9 125 milhões
10º Matérias corantes sintéticas e lacas corantes e suas preparações 2,7 115 mlhões

Fonte: ComexStat

Compostos organo-inorgânicos, compostos heterocíclicos, ácidos nucleicos e seus sais, e sulfonamidas são os principais produtos importados do país indiano. Seguido de óleos combustíveis de petróleo que também é um dos principais produtos importados pelo Brasil.

Aparecem na nossa tabela também, medicamentos os quais são bastante importados pelo Brasil, principalmente neste momento de alta nos casos de coronavírus.

Balança Comercial Brasil x Índia

A balança comercial de Brasil e Índia é deficitária. Ou seja, o Brasil importa mais do que exporta para a Índia.

Para exemplificar:

Economia da Índia

A Índia possui a segunda maior população do mundo (cerca de 1,1 bilhão), ficando atrás somente da China (1,3 bilhão de habitantes). Economicamente, a Índia tem crescido de forma significativa, especialmente no segmento industrial, isso após a descolonização europeia que ocorreu na segunda metade do século XX.

Atualmente, a Índia figura com uma economia emergente. Segundo o Fundo Monetário Internacional, o país é a 7ª economia do mundo.

Essa nação vem apresentando um crescimento anual de cerca de 6,3% nos últimos anos; dentre os principais fatores estão as multinacionais instaladas no país. Os principais atrativos que levaram essas empresas a se instalarem na Índia foram o elevado número de mão-de-obra com baixo custo e o enorme mercado consumidor.

Hoje a Índia se destaca na produção industrial de tecnologia de ponta, pois é grande produtora de eletroeletrônicos, agroindustriais, informática (maior produtora de softwares do mundo), biotecnologia. Tais produtos concorrem diretamente com as indústrias de países desenvolvidos. Sem contar que o país possui uma grande representatividade na produção industrial de base, tais como: têxtil, siderúrgica e química.

O acelerado crescimento econômico da Índia foi barrado em virtude de questões geopolíticas envolvendo o Paquistão. Além disso, no ano de 1997 ocorreu a crise da Ásia, fazendo com que o desempenho econômico sofresse uma queda, a desaceleração só não foi maior graças ao grande mercado interno, que consome muitos dos seus produtos.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior.  😉

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.

Conheça as 7 novidades do Novo Processo de Importação