Importações da Suécia

Hoje, falaremos de uma nação que está localizada no norte do continente europeu, regida pela monarquia parlamentarista e estável com relação à economia. A pauta do dia será sobre as Importações da Suécia

Ao todo, o país importou US$ 1,24 bilhão, tendo 0,8% de participações nas vendas para o Brasil. Com abrangência no setor da indústria de transformação, o país tem muito o que falar sobre os seus principais produtos importados.

Pega o seu café e vem comigo fazer um tour pelo mundo da importação sueca. 

Ah! Para completar ainda mais o seu conhecimento sobre o país, você pode conferir as Exportações para a Suécia também.

Importações da Suécia: principais produtos

Em 2020, as importações foram diversificadas, entre acessórios para veículos automotivos e papel, a Suécia movimentou uma balança comercial com déficit de US$ 855,8 milhões, o que significa que os suecos mais importaram do que exportaram. 

Os dez principais produtos comprados entre janeiro e dezembro foram, respectivamente:

  • Partes e acessórios dos veículos automotivos
  • Aeronaves e outros equipamentos
  • Motores de pistão, e suas partes
  • Outros medicamentos, incluindo veterinários
  • Demais produtos – Indústria de transformação
  • Papel e cartão
  • Produtos laminados planos, de liga de aço
  • Instrumentos e aparelhos de mediação, verificação, análise e controle
  • Veios de transmissão e manivelas
  • Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos)

Para ilustrar melhor:

Importações da Suécia: produtos

Fonte: ComexStat – Janeiro até dezembro de 2020

Em 2021, o produto que mais foi importado até agosto também foi o “partes e acessórios dos veículos automotivos”, seguido de “motores de pistão e suas partes”. Até então, a movimentação de importações chegou em US$ 1,12 bilhão, mas permanece no déficit. Como será que a Suécia vai se sair até o final deste ano? Faça a sua aposta!

Suécia e economia

Com a taxa de desemprego em 7,6%, a Suécia se mantém com um alto padrão de vida social. Seus impostos também são de alto escalão, afinal, estão entre os mais caros do mundo. Possui renda através da indústria muito bem desenvolvida, principalmente as do nicho de automóvel e celulose e papel, atua, também, na parte do turismo. 

Embora que a vida dos suecos seja bem quista do ponto de vista socioeconômico, algo muito intrigante acontece por lá: ninguém fala sobre seus salários e riquezas. Aos olhos dos brasileiros, um país em que a ostentação é tema para conversas e músicas, isso pode parecer estranho, mas dizem que, pelos lados de lá, é sinal de respeito. Será que estão escondendo algo? O que tem de tão importante em falar sobre suas economias? Bom, vou te explicar.

Existe um termo chamado “jantelagen”, que nada mais é do que um código para você ser discreto, não há necessidade em chamar muita atenção. O fato de que muitas pessoas desfilam com roupas de grifes, mas, mesmo assim, não conversam sobre cifras, tem muito a dizer sobre. É quase um controle social: embora exista pobreza e riqueza, não há motivos para você “esfregar” as suas posses em outras pessoas. O que você acha desse termo? Conta pra gente!

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.