IMPORTAÇÕES DE HONG KONG | 10 produtos mais comprados

No artigo de hoje nós vamos conhecer os principais aspectos envolvendo as Importações de Hong Kong. Além disso, você verá a relação da balança comercial entre o país da Ásia e o Brasil, bem como a sua economia local.

Hong Kongé uma das duas regiões administrativas especiais (RAE) da República Popular da China (RPC), sendo a outra Macau, situada na costa sul da China e delimitada pelo delta do Rio das Pérolas e pelo Mar da China Meridional.

Quer conhecer mais sobre as Importações brasileiras de Hong Kong? Então pegue o seu café e venha comigo. 😉

 

Importações de Hong Kong: principais produtos

Segundo levantamentos realizados pelo Comex Sat, em 2020, os principais produtos brasileiros importados de Hong Kong foram:

  Produtos importados de Hong Kong Valor FOB US$
Equipamentos de telecomunicações 📦 143 milhões
Válvulas e tubos termiônicas 📦 65,2 milhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 📦 28,0 milhões
Relógios 📦 25,6 milhões
Máquinas e aparelhos elétricos 📦 22,7 milhões
Equipamento para distribuição de energia elétrica 📦 16,6 milhões
Aparelhos elétricos para ligação 📦 16,4 milhões
Pigmentos, tintas, vernizes e materiais relacionados 📦 15,9 milhões
Geradores elétricos giratórios 📦 15,9 milhões
10º Luminárias e acessórios 📦 8,88 milhões

Fonte: ComexStat — Dados do Ano de 2020.

Com relação aos principais produtos importados de Hong Kong para o Brasil, a Indústria de Transformação sai na frente, seguido da categoria de Outros Produtos e Industria Extrativa.

Veja agora a relação completa dos produtos importados de Hong Kong na imagem a seguir:

É conhecida por seu horizonte repleto de arranha-céus e por seu profundo porto natural. Com uma área de 1 104 km² e uma população de sete milhões de pessoas, Hong Kong é uma das áreas mais densamente povoadas do mundo.

Balança comercial entre Butão e Brasil

Até novembro de 2021, o Brasil aponta um Superávit de US$ 1.292 Bilhão, isso significa que foram exportados mais produtos para Hong Kong do que importados do país. Entretanto, o país ocupa atualmente o 45º lugar no ranking de importações.

Já no ranking das exportações, Hong Kong ocupa o 28º lugar dos países que mais comprar produtos brasileiros.

Só para exemplificar, em 2020 a Balança Comercial entre os dois países nos apresentou, um Superávit de US$ 1.736,9 Bilhão, valor relativamente alto se comparado com outros países da Ásia. Embora ainda tenha um importante campo a ser explorado nas relações do Comex.

Importantes mercados de destino foram responsáveis pelo aumento do volume total exportado, destacando-se as diminuições do volume importado da Ásia (3,3 %).

👉 Conheça também o nosso artigo a respeito das Exportações para Hong Kong!

Escrevemos um texto abordando a Exportação no Brasil, nele você irá conhecer os principais produtos comercializados com outros países.

Importações de Hong Kong: economia local

Segundo o Banco Mundial, a economia de Hong Kong é a 30ª do mundo. Hong Kong possui a economia menos restrita do mundo e é basicamente livre de taxas. É a 10ª maior entidade de comércio e o 11º maior centro bancário do mundo. A presença dominante do comércio mundial está refletida no número de consulados localizados no território.

Hong Kong possui recursos naturais limitados e a maioria da comida e materiais brutos são importados. De fato, as importações e exportações (incluindo re-exportações) excedem o PIB de Hong Kong. Hong Kong possui várias ligações comerciais e investimentos com a China.

Localização geográfica da região

Hong Kong está localizado na costa sul da China, a 60 km a leste de Macau, no lado oposto do delta do Rio das Pérolas. É cercada pelo Mar da China Meridional, a leste, sul e oeste, e pelas fronteiras da cidade de Shenzhen e da província de Guangdong, ao norte sobre o rio Shenzhen.

O território de 1 104 km² de área (1 054 km² de terra e 50 km² de água) é constituído principalmente pela Ilha de Hong Kong, Lantau, Península de Kowloon e os Novos Territórios, bem como cerca de 260 outras ilhas.

Para ilustra, confira na imagem a seguir o mapa da região de Hong Kong:

De fato, Hong Kong tem um grande potencial a ser explorado no comércio exterior brasileiro.

Confira também os artigos sobre os Principais Produtos Importados no Brasil e os Principais Portos do Mundo.

Por fim, separamos alguns artigos que falam das importações brasileiras de outros países.

Conheça a lista de alguns dos nossos textos sobre importações, são eles:

O que é Logística Internacional?

A Logística Internacional é uma ferramenta fundamental para a expansão do comércio exterior, e deve ser utilizada de forma estratégica para diferencial competitivo nas negociações internacionais.

A globalização tem tornado as empresas cada vez mais competitivas e com conceitos modernos aos seus procedimentos, negócios e produtos. Esse processo está integralmente ligado aos processos de compra, armazenagem e distribuição das mercadorias.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Quais os principais produtos importados de Hong Kong?

Os principais produtos importados de Hong Kong são: equipamentos de telecomunicações, válvulas e tubos termiônicas, demais produtos - Indústria de Transformação, relógios, máquinas e aparelhos elétricos, equipamento para distribuição de energia elétrica, aparelhos elétricos para ligação, pigmentos, tintas, vernizes e materiais relacionados, geradores elétricos giratórios, luminárias e acessórios.

Qual a área total do território de Hong Kong?

A área total do território de Hong Kong é 1 104 Km².

Qual o valor da balança comercial entre Hong Kong e Brasil?

m 2020 a Balança Comercial entre os dois países nos apresentou, um Superávit de US$ 1.736,9 Bilhão.

leandro.sprenger

Empreendedor, Apaixonado por Tecnologia, Especialista em TI para Comércio Exterior e responsável pela criação de diversos sistemas de BI para Comex por mais de 12 anos. Co-criador da Plataforma de Ensino SimulaComex e do Sistema FComex.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.