Importações por Mato Grosso do Sul

As importações pelo Mato Grosso do Sul foram altas, o estado gastou em compras de produtos de outros países o valor de US$ 2,4 bilhões.

O estado do MS ocupa a 13° colocação no ranking dos estados que mais importam. 

Porém, apesar do valor alto gasto, houve uma queda de mais de 12%, quando comparado ao ano anterior (2018).

Vamos agora ver um pouco mais sobre estes dados do Mato Grosso do Sul.

Vem comigo.

Importações pelo Mato Grosso do Sul: Saiba mais

As importações pelo Mato Grosso do Sul foram, em partes, bastante altas, chegaram a um valor FOB de US$ 2,4 bilhões no ano de 2019. Apesar do valor importado em produtos ter sido alta, houve uma queda considerável se for comparado ao ano de 2018, quando MS gastou US$ 2,8 bilhões, ou seja, queda de 12,9%.

O Mato Grosso do Sul foi o 13º maior importador de produtos do Brasil no ano de 2019, com participação de 1,36% nas importações.

Até junho de 2020, o estado já aparecia como o 14º principal estado importador do Brasil. Foram gastos em valores um total de US$ 966 milhões tendo uma queda de 15% se for comparado ao mesmo período do ano de 2019, quando haviam sido importados US$ 1,14 bilhão.

Principais produtos importados por MS

Conheça os principais produtos que o Mato Grosso do Sul importa.

Produtos importados % Valor FOB US$
Gás natural, liquefeito ou não 53 1,26 bilhão
Adubos ou fertilizantes químicos 10 248 milhões
Cobre 5,6 134 milhões
Tecidos, tramas, de matérias têxteis sintéticas ou artificiais 4,1 99 milhões
Tecidos de malha 2,6 61,9 milhões
Fios têxteis 2,4 58,5 milhões
Produtos laminados planos de ferro ou aço não ligado, folheados ou chapeados, ou revestidos 2,3 55,9 milhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 2,3 54,2 milhões

Fonte: ComexStat

A seguir confira mais detalhes dos principais produtos importados por Mato Grosso do Sul.

1) Gás natural, liquefeito

O gás natural é a terceira fonte energética mais importante do mundo. Esse combustível de origem fóssil, composto principalmente por hidrocarbonetos (carbono e hidrogênio), é encontrado no estado físico gasoso. No entanto, o processamento do gás natural pode originar outros combustíveis, como, por exemplo, o gás natural liquefeito, também chamado de GNL.

2) Adubos e Fertilizantes

Adubos são feitos de material orgânico, com substâncias que são encontradas na natureza. Já os fertilizantes são materiais sintéticos produzidos em laboratório, onde diferentes produtos químicos agem no solo. Eles são indicados, principalmente, se o solo afetado estiver muito pobre em nutrientes e sua ação é imediata. MS importou em valores um total de US$ 248 milhões.

3) Cobre

O cobre é um elemento químico. Ele pode ser utilizado em sua forma pura ou combinado com outros metais. Correspondeu a 5,6% das importações do Mato Grosso do Sul.

4) Tecidos, tramas, de matérias têxteis sintéticas ou artificiais

Foram importados em Tecidos, tramas, de matérias têxteis sintéticas ou artificiais, um valor total de US$ 99 milhões no ano de 2019.

5) Tecidos de malha

Os tecidos de malha vem na 5ª colocação como os principais produtos importados pelo MS no ano de 2019, correspondendo a 4,1% das importações totais do estado.

6) Fios têxteis

Fio têxtil é um comprimento longo e contínuo de fibras entrelaçadas, adequado para uso na produção de tecido. Foi o 6º principal produto importado pelo Mato Grosso do Sul.

7) Produtos laminados planos de ferro ou aço não ligado, folheados ou chapeados, ou revestidos

Na 7ª colocação, aparecem produtos laminados planos de ferro ou aço não ligado, folheados ou chapeados, ou revestidos. Foram gastos na compra do produto no ano de 2019 um total de US$ 55,9 milhões.

8) Demais produtos – Indústria de Transformação

Como exemplo de indústria de transformação, temos as refinarias de petróleo que usam o petróleo como matéria-prima tanto para produtos finais, como por exemplo óleo diesel e gasolina, quanto para produtos intermediários. Correspondeu a 2,3% das importações do estado.

Balança Comercial Mato Grosso do Sul

A Balança comercial do estado no ano de 2019, nos mostra um superávit de US$ 2,8 bilhões. E você pode conferir na imagem a seguir.

Fonte: ComexStat

Países de onde o Mato Grosso do Sul importa

Veja de onde o MS costuma importar seus produtos.

A Bolívia é o principal país de onde o Mato Grosso do Sul importou seus produtos no ano de 2019, e correspondeu a 53% de todos os países de onde vem as importações sul-mato-grossenses. Em seguida, aparece a China, representando 14%.

Economia do MS

O agronegócio é um dos principais motores da economia do Estado do Mato Grosso do Sul. Para se ter uma ideia da importância do agronegócio, de acordo com dados do governo do Mato Grosso do Sul, o Estado é o 5º maior produtor de grãos do País. No ranking do agronegócio, MS detém, ainda, a 4ª posição na produção de milho e 3ª no abate de gado. Polo mundial de celulose, produz 5,3 milhões de toneladas de celulose ao ano, dispõe de 1,056 milhão de hectares de florestas plantadas, 615 mil hectares de cana-de-açúcar e 18 milhões de hectares de pastagens.

Segundo dados da Federação de Indústria do Estado do MS, a FIEMS, o setor de agropecuária representa 15,8% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado, enquanto a indústria representa 16,7% e o setor de serviços 67,5%. Destacamos que a agropecuária assume um papel importante na economia do Estado MS, devido ao fato dela impulsionar os setores de serviços e da indústria.

E aí, gostou deste artigo? Então, inscreva-se no nosso blog e fique por dentro das novidades de Exportação, Importação e Drawback.  😉

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

Conheça as 7 novidades do Novo Processo de Importação