Portos Brasileiros: Quais os principais

Você que importa e exporta seus produtos, ou estuda Comex ou Logística, já deve conhecer alguns portos Brasileiros, não é mesmo?

Mas você tem curiosidade em saber um pouco mais sobre cada um deles e seus volumes de importação e exportação? Se sim, vem comigo que vou trazer mais detalhes para você.

O Brasil possui um total de 175 instalações portuárias de carga, incluindo portos e terminais marítimos e instalações aquaviárias. Temos portos ao longo da nossa costa e no interior do país utilizando nossas extensas bacias hidrográficas. Pode não parecer, mas existem 76 terminais no interior, fora da costa litorânea. Destes terminais, são 18 na Região Sul, 6 na Região Centro-Oeste e 52 na Região Norte.

Dessa forma, restam os 99 portos e terminais marítimos ao longo da nossa costa.

Vamos agora conhecer os 10 principais portos do Brasil. 😉

 

Fonte dos Dados: Antaq – Período de Janeiro a Outubro de 2019.

Lista com Principais Portos Brasileiros

  1. Porto de Santos (SP);
  2. Porto de Paranaguá (PR);
  3. Porto Itapoá (SC);
  4. Portonave (SC);
  5. Porto de Rio Grande (RS);
  6. Dp World Santos (SP);
  7. Porto Chibatão (AM);
  8. Porto de Suape (PE);
  9. Porto de Itajaí (SC);
  10. Porto de Rio de Janeiro (RJ).

Vou agora trazer para você alguns detalhes de cada um destes portos brasileiros para assim esclarecer as suas dúvidas.

1) Porto de Santos

É um dos principais portos brasileiros, o Porto de Santos, é um porto estatal localizado no estuário de Santos na costa do Estado de São Paulo. Além de ser o maior do país em movimentação por tonelagem de cargas é o maior em movimentação de contêineres. Em 2016, foi considerado o 39º maior porto do mundo por movimentação de contêineres, segundo ranking da Associação Americana de Autoridades Portuárias (AAPA), sendo o mais movimentado da América Latina. De fato, dos 133 milhões de toneladas de carga transportados por contêineres, cerca de 10% da carga transportada, o Porto de Santos é responsável por quase um terço do total. No ano de 2019 teve um peso de carga bruta de basicamente 30.326140 toneladas.

?? Conheça também o nosso artigo sobre os Principais Produtos Importados pelo Brasil.

2) Porto de Paranaguá

O porto de Paranaguá vem na segunda colocação neste ano de 2019, fica localizado no Paraná, ele é um porto bastante grande e com uma densa área de influência de 10 estados brasileiros que colaboram nas transações internacionais. O porto de Paranaguá também é de extrema importância para os trânsitos comerciais que são responsáveis por boa parte das movimentações do Comércio Internacional.

A movimentação do Porto de Paranaguá, apesar de englobar 13 setores de atividade econômica, existem 5 em que ele se centraliza e possui maior destaque: agroindústria e madeira, material de transporte, alimentos e bebidas, indústria química e indústria mecânica. Saiba mais sobre as exportações da cidade de Paranaguá, e as exportações do estado do Paraná.

3) Porto de Itapoá

O Porto Itapoá está localizado no município de Itapoá, estado de Santa Catarina, Brasil.

Localizado entre duas das principais áreas industriais do Sul do Brasil – a região Norte de Santa Catarina e a região metropolitana de Curitiba –, o Porto Itapoá tornou-se um destino portuário preferencial de muitas indústrias. Entre os segmentos movimentados no terminal, destaque para proteínas animais e derivados, motores e equipamentos elétricos, madeira, cerâmica, papel, produtos químicos, peças para automóveis, automóveis, plásticos e derivados – destinados aos principais polos mundiais, sobretudo Ásia, América do Norte e Europa. O terminal também exporta cargas do vizinho Paraguai, como madeira e frango. No ano de 2019 passou pelo porto 6.634.871 toneladas de produtos, um crescimento de cerca de 11% em comparação ao ano anterior.

4) Portonave

Localizada na cidade de Navegantes, em Santa Catarina, a Portonave iniciou suas operações em outubro de 2007, como o primeiro terminal portuário privado do país. A empresa atua no escoamento da produção das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e de outros países da América do Sul e no recebimento de cargas de todo o mundo.

Reconhecida internacionalmente pela qualidade na prestação de serviços e pela alta produtividade, a Companhia emprega diretamente mais de 1,1 mil colaboradores e tem como premissa o compromisso com a excelência e promoção do desenvolvimento sustentável.

Como um importante diferencial competitivo, a Portonave possui uma câmara frigorífica – a Iceport – totalmente automatizada, com seis transelevadores, e capacidade estática de 16 mil posições pallets. Além de uma antecâmara com 13 docas para o recebimento das cargas. Ao todo são 50 mil m² de área para armazenagem.

Atualmente, a Portonave possui área total de 400 mil m², sendo cerca de 360 mil m² de área alfandegada, dividida em três berços de atracação, em um cais linear de 900m, com capacidade estática de armazenagem de 30 mil TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés).

5) Porto de Rio grande

Localizado no Rio Grande do Sul, é de grande porte. Fazem uso de suas instalações a agroindústria e madeira, calçados e couro, materiais de transporte e indústrias química e mecânica. 

21 unidades da federação usam esse porto para transações internacionais, mas suas principais áreas de influência estão no Rio Grande do Sul, São Paulo, Santa Catarina e Paraná.

Suas exportações e importações são conhecidas principalmente pela diversidade. Ele movimenta desde adubos e fertilizantes, até itens para indústria automobilística e produtos da indústria mecânica.

Suas principais atividades no comércio internacional estão em produtos de alto valor agregado. Exemplos desses produtos são então: a agroindústria e madeira, indústria química, calçados e couros, material de transporte e indústria mecânica. O porto em 2019 operou cerca de 6.461.690 toneladas de produtos.

O Porto de Rio Grande tornou-se conhecido como Porto do MERCOSUL devido à proximidade como Uruguai, Sul do Paraguai e Norte da Argentina.

6) Dp World Santos

Instalado em área estratégica com acesso por via marítima, rodoviária e ferroviária, o empreendimento conta com 653 metros de cais.

Além de equipamentos modernos, tecnologia de ponta e alta produtividade, a empresa tem focado em buscar soluções complementares e integradas para ampliar o seu portfólio e agregar soluções aos clientes. Fica localizado então em Santos e é um porto privado.

7) Porto Chibatão

Porto Chibatão é o maior complexo portuário privado de Estado do Amazonas e está localizado à margem esquerda do Rio Negro. – Sua estrutura portuária obedece então uma dinâmica de eficiência que inclui uma área para armazenagem de contêineres e cargas, uma área de circulação interna, doca coberta para carga e descarga, rampa de concreto armado, balança rodoviária, um sistema de serviços de apoio com a Receita Federal, alfândega, posto bancário, serviços de fiscalização e liberação, sala para despachantes e um complexo administrativo de cinco pavimentos, além de equipamentos modernos, com tecnologias avançadas capazes de atender toda a demanda.

8) Porto de Suape

É um porto brasileiro localizado no estado de Pernambuco, entre os municípios do Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Distante apenas 40 quilômetros do Recife, Suape é interligado a mais de 160 portos em todos os continentes e se apresenta como o porto público mais estratégico do Nordeste, tendo em vista que 90% do PIB (Produto Interno Bruto) da Região encontra-se em um raio de 800 quilômetros do porto. No ano de 2019 teve uma movimentação de 4.887.110 toneladas, um recorde para o porto até então.

9) Porto de Itajaí SC

Regional e de médio porte, em Santa Catarina, opera então com a agroindústria e madeira, eletroeletrônica e indústrias mecânica e têxtil. É o principal porto da região, sendo o segundo maior do país em movimentação de contêineres, atuando como porto de exportação, escoando quase toda a produção do Estado. É um porto público que no ano de 2019 até outubro movimentou então cerca de 4.355.680 toneladas.

Aproveite e saiba mais sobre as exportações de Itajaí, a qual é top 10 no Ranking da Cidades que mais Exportam no Brasil.

>> Leia também sobre as importações de Itajaí

10) Porto do Rio de Janeiro

O Porto do Rio de Janeiro localiza-se então na costa oeste da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. A área marítima compreendida até a boca da barra, entre a ponta de Santa Cruz e ponta de São João e interiores de lagoas. Tráfego permitido a todas as embarcações, exceto nas proximidades do cais de atracação de transportes coletivos, de entrepostos de pesca, nas áreas portuárias, nas proximidades das cabeceiras das pistas dos aeroportos e a menos de 200 m de instalações militares, bem como o fundeio, amarração ou a permanência nas proximidades (200 metros) dos pilares da ponte Rio X Niterói.

Você sabe o que é o calado do navio?

Calado do Navio é a distância vertical entre a parte inferior da quilha e a linha de flutuação de uma embarcação. É a medida da parte submersa do navio. Tecnicamente, é a distância da lâmina d’água até a quilha do navio. 

Saiba também o que é Navio Ro-Ro.

👉🏼 Por falar em navios, confira também o nosso texto sobre os Tipos de Navios.

E aí, gostou deste artigo? Então, inscreva-se no nosso blog e fique por dentro das novidades de Exportação, Importação e Drawback. 😉

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

E-book Grátis: 7 Novidades do Novo Processo de Importação