Principais Produtos Importados pela Bahia

Aqui no blog a gente tem vários artigos sobre importação e exportação de produtos. Hoje vamos falar sobre os principais produtos importados pela Bahia.

A Bahia está no Ranking dos estados que mais importam seus produtos no Brasil. 

Então vem comigo e vamos saber mais sobre as importações da Bahia. 

Fonte: ComexVis

Principais Produtos Importados pela Bahia

  1. Naftas;
  2. Minérios de cobre e seus concentrados;
  3. Gás natural liquefeito;
  4. Veículos de carga;
  5. Partes e peças para veículos e automóveis e tratores;
  6. Demais produtos manufaturados;
  7. Cloreto de potássio;
  8. Trigo em grãos;
  9. Óleos brutos de petróleo; e
  10. Adubos ou fertilizantes.

 

Mais detalhes de cada um deles:

01) Naftas

Nafta é um composto proveniente do petróleo utilizado como matéria-prima em indústrias do ramo petroquímico, na fabricação de eteno e propeno, incluindo ainda o benzeno, tolueno e xilenos. A Nafta petroquímica se apresenta em forma líquida e sem cor, seu potencial de destilação é semelhante ao da gasolina. Corresponde a 22% das importações baianas.

02) Minérios de cobre e seus concentrados

Na nossa segunda colocação temos então Minérios de cobre e seus concentrados representando 11% das importações totais do estado.

03) Gás natural liquefeito

O gás natural é a terceira fonte energética mais importante do mundo. Esse combustível de origem fóssil, composto principalmente por hidrocarbonetos (carbono e hidrogênio), é encontrado no estado físico gasoso. No entanto, o processamento do gás natural pode originar outros combustíveis, como, por exemplo, o gás natural liquefeito, também chamado de GNL. Ele corresponde a basicamente 7,2% das importações da Bahia.

04) Veículos de carga

São aqueles veículos usados principalmente para carregar determinadas cargas, existem várias modalidades de veículos de carga, desde utilitários a bitrem 7 eixos. Correspondem a mais ou menos 6,8% das importações do estado.

05) Partes e peças para veículos e automóveis e tratores

A Bahia tem uma produção considerável de peças para veículos em geral e com isso torna partes e peças para veículos, automóveis e tratores como quinto colocado representando então o segundo os dados do ComexVis 2,5% das importações baianas. 

06) Demais produtos manufaturados

São criados de forma padronizada e em uma quantidade grande por uma mão de obra qualificada, corresponde a 2,4% das importações de BH.

07) Cloreto de potássio

Cloreto de Potássio (substância ativa) é indicado no tratamento e/ou prevenção da hipocalemia em pacientes que não toleram ou se recusam a ingerir potássio líquido ou efervescente. Corresponde a também 2,4% do total de importações do estado da Bahia.

08)Trigo em grãos

O grão de trigo é um alimento básico usado para fazer farinha e, com esta, o pão, na alimentação dos animais domésticos e como ingrediente na fabricação de cerveja. O trigo é também plantado estritamente então como forragem para animais domésticos, como a palha. Participa com 2,2% nas importações totais. Saiba mais sobre as importações de trigo no Brasil.

09) Óleos brutos de petróleo

Os óleos brutos de petróleo é óleo natural que consiste em uma mistura de hidrocarbonetos e outros compostos não refinados. Corresponde então a 2,1% das importações do estado da Bahia.

10) Adubos e fertilizantes

Feitos de matéria orgânica, os adubos foram os primeiros a surgir, e são usados desde a antiguidade, quando antigos agricultores perceberam os benefícios de elementos orgânicos decompostos para o enriquecimento do solo.

Os fertilizantes, por outro lado, são mais modernos, e muitas vezes são sintéticos. Mas atenção! Não vá confundi-los com agrotóxicos! Apesar de produzidos artificialmente a partir da extração de elementos naturais, eles são benéficos para as plantas e não representam um risco para a nossa saúde. Representa em torno de 2,0% das importações baianas de 2019.

Economia da Bahia

A economia do Estado da Bahia é diversificada, com atuação nas atividades da agropecuária, indústria, mineração, turismo e serviços, todas essas respondem por 36% de todo Produto Interno Bruto (PIB) da região nordeste.

Na agropecuária a Bahia se destaca em âmbito nacional como produtor de cacau, sisal, mamona, feijão e mandioca. Nas proximidades de Ilhéus encontram-se condições favoráveis para a produção de cacau, além de apresentar significativa produção de milho e cana-de-açúcar. Na pecuária possui grande destaque nacional, ocupando então o sexto lugar no Brasil, os caprinos detêm um dos maiores rebanhos do país. Recentemente o Estado vem se despontando como um importante produtor de soja. No setor industrial atua especialmente no setor químico, petroquímico, agroindústria, informática, automobilística e peças.

Na atividade extrativista, mais precisamente na extração mineral, o Estado desenvolve então grande potencial na exploração de petróleo, além do ouro, cobre, magnesita, cromita, sal-gema, barita, manganês, chumbo e talco.

Uma atividade econômica desenvolvida no estado da Bahia de grande destaque é o turismo, uma vez que o Estado possui enormes possibilidades como passeios urbanos ou em lugares naturais como praias, ilhas, chapadas entre outras. Somente essa atividade emprega pelo menos 88 mil pessoas de forma direta. A prestação de serviços é um ramo que cresce cada vez mais no Estado e ocupa grande importância na sua economia.

Balança Comercial Baiana

A Balança comercial da Bahia teve saldo de superávit de 928,94 milhões entre janeiro e Novembro deste ano.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior. 😉

 

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.