Principais Produtos Importados pelo Amazonas

O Estado do Amazonas é muito relevante para o Comércio Exterior Brasileiro, pois encontra-se entre os 10 estados que mais importam no Brasil. No texto de hoje, falaremos sobre os Principais Produtos Importados pelo Amazonas.

São tópicos:

  • Principais produtos importados pelo Amazonas;
  • Economia do Amazonas;
  • Balança Comercial do AM.

Bora, conhecer mais sobre as Importações do Amazonas! 😉

Principais produtos importados por Amazonas

  1. Partes e aparelhos transmissores e receptores
  2. Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos
  3. Circuitos internos e outras partes para aparelhos de telefonia
  4. Demais produtos manufaturados
  5. Paládio
  6. Polímeros
  7. Partes e acessórios para motocicletas, bicicletas
  8. Óleos combustíveis
  9. Aparelhos de ar-condicionado
  10. Motores, geradores e transformadores elétricos e suas partes

Para exemplificar:

Fonte: ComexVis – Período de Janeiro a Novembro 2019.

Vou falar um pouco de cada um deles a seguir, vem comigo.

1) Partes e aparelhos transmissores e receptores

São usados para compor determinados aparelhos como de telefonia, som e televisão.  Teve uma variação negativa do ano de 2018 até o momento atual em que representa 17% do total das importações Amazonenses.

2) Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos

É um circuito eletrônico que incorpora miniaturas de diversos componentes (principalmente transistores, diodos, resistores e capacitores), “gravados” em uma pequena lâmina com chip de silício. Representa até este momento cerca de 14% do total das importações do estado.

3) Circuitos internos e outras partes para aparelhos de telefonia

Como o próprio nome já diz são então componentes para conserto de aparelhos eletrônicos como telefones, tablets, entre outros. Corresponde a 7% das importações do estado.

4) Demais produtos manufaturados

São todavia, fabricados de forma padronizada e com uma mão de obra adequada para isso, tem uma representatividade no estado do Amazonas de 4% nas importações.

5) Paládio

O paládio é um metal branco prateado parecido com a platina, não se oxida com o ar, e é o elemento do grupo da platina de menor densidade e menor ponto de fusão. É dessa forma macio e dúctil quando aquecido, aumentando consideravelmente sua dureza e resistência quando trabalhado à frio. Representa 4% das importações de Amazonas.

6) Polímeros

São os materiais poliméricos obtidos por reações de sintetização, em indústrias de polimerização, através de matérias primas diversas, provenientes de fontes renováveis ou não renováveis. O tamanho das macromoléculas e sua composição podem então ser controlados para obter uma infinidade de compostos poliméricos e atender às propriedades desejadas. Corresponde a 3,9% das importações do Amazonas.

7) Partes e acessórios para motocicletas, bicicletas, etc

São componentes utilizados em diversos concertos de equipamentos como motocicletas e bicicletas, tem então uma representatividade de 3,7% nas importações.

8) Óleos combustíveis

Aparece na nossa oitava colocação os óleos combustíveis que podem ser óleo diesel, fuel-oil entre outros, aparece representando 3,7% das importações do estado.

9) Aparelhos de ar-condicionado

A importação de ar-condicionados teve então um crescimento considerável de 2018 até agora passando de 2,3% do total das importações do estado para 3%.

10) Motores, geradores e transformadores elétricos e suas partes

Todavia são equipamentos bastante usados em momentos em que acontece uma falta de energia elétrica e suas partes são fundamentais para concertos e afins.

Já motores são utilizados em diversos equipamentos então por esse motivo sua importação é muito importante, corresponde a 2,6% das importações do estado amazonense.

Em 2020,  a cidade de Manaus ficou entre o Top 10 no Ranking das Cidades que mais Importam no Brasil, confirma aqui as Importações de Manaus.

Se você esta procurando por Despachantes Aduaneiros em Manaus – AM, confira em nosso Portal de Empresas os principais despachantes aduaneiros das cidades amazonenses e também de todo o país.

Conheça também os principais Produtos Importados pelo Brasil.

Economia Amazonense 

Apesar da existência do pólo industrial da Zona Franca de Manaus, a principal atividade econômica do Estado do Amazonas está vinculada às atividades primárias, que correspondem, em geral, a uma produção que agrega então pouco valor no produto.

Diante disso, as principais atividades econômicas praticadas no Estado são: extração vegetal, mineral e animal, denominados respectivamente de extrativismo.

Na extração mineral são obtidos, principalmente, calcário e estanho, na extração vegetal existe a atividade madeireira, retirada de castanha-do-pará, coletas de frutas regionais, borracha e na extração animal, a pesca.

Na capital do Estado concentra o principal centro industrial, a Zona Franca de Manaus, nesse setor produtivo amazonense destaca-se principalmente a produção de eletroeletrônicos, motocicletas, além do beneficiamento de alguns minérios e alimentos.

Na agricultura são produzidos, entre outros, arroz, banana, laranja e mandioca. Outra fonte de renda é o turismo, uma vez que o Estado abriga uma das restritas áreas ainda preservadas no mundo, segundo a FGV (Fundação Getúlio Vargas), o ecoturismo é o segmento que mais cresce no Estado, cerca de 6% ao ano.

Características gerais da economia amazonense:

Participação no PIB nacional: 2,0%

Composição do PIB estadual:

  • Agropecuário: 3,6%.
  • Indústria: 69,9%.
  • Prestação de serviços: 26,5%.

Balança Comercial do Amazonas – AM

As exportações do Amazonas somaram US$ 55,957 milhões em outubro, uma queda de 29,77% em comparação a outubro de 2018 e crescimento de 0,25% em relação a setembro de 2019, de acordo com levantamento do Departamento de Estudo, Pesquisa e Informação (DEPI) da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

A balança comercial do Amazonas no ano de 2019 teve um Déficit de -8.825,87 milhões.

 

 

E ai, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.