Tipos de Frete no Comércio Internacional

Dentro do Comércio Exterior existem muitos tema a serem discutidos e no nosso artigo de hoje iremos falar sobre tipo de frete dentro do Comex

Então vem comigo. 😉

Já falamos aqui no blog sobre os tipos de transporte utilizados para transporte de cargas.

Você conhece os principais tipos de fretes usados pelas transportadoras? Essas informações são fundamentais, já que influenciam a forma de cobrança do serviço e determinam as responsabilidades pela entrega de mercadorias.

Vale explicar que, além de diferentes tipos, também existem categorias distintas de frete, que impactam diretamente os custos das transportadoras.

Tipo de Frete internacional: Prepaid ou Collect?

  • Tipo de Frete pré-pago (freight prepaid)

Significa que o frete será pago imediatamente após o embarque, para retirada do B/L (embarque marítimo). Normalmente ele é pago no local ou país de embarque, porém, isto não é uma obrigatoriedade, podendo ser pago também no exterior.

É comum associar-se o frete pré-pago ao Incoterms, naquelas condições onde o frete é por conta do vendedor. Deve-se notar, porém, que ele pode ser utilizado também com o frete por conta do comprador. Isto quer dizer que o frete pré-pago e os Incoterms são coisas distintas.

  • Frete pagável no destino (freight payable at destination)

Esta condição significa que o frete é pago pelo importador, na chegada ou retirada da mercadoria.

  • Tipo de Frete a pagar (freight collect)

Nesta situação o pagamento do frete poderá ocorrer em local diverso daquele de embarque ou destino. O frete pode ser pago em qualquer parte do mundo, sendo que o armador será então avisado pelo seu agente sobre o recebimento, de modo a proceder a liberação da mercadoria.

Não há obrigatoriedade da menção, no Conhecimento de Embarque, do valor do frete a ser pago. Ele poderá ser substituído pela cláusula Freight as Per Agreement (frete conforme acordo).

O local de pagamento do frete, no entanto, deverá ser obrigatoriamente mencionado.

A seguir temos duas tabelas com a relação do que cada um faz e qual Incoterm é utilizado:

 

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior.  😉

 

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.

E-book Grátis: 7 Novidades do Novo Processo de Importação