Você está preparado para a DUIMP?

Já passamos por diversas evoluções na importação, antigamente, usávamos a Guia de Importação a qual era datilografada em formulário e entregue ao Banco do Brasil.

Lá em 01/01/1997 o Siscomex Importação entrou em funcionamento na versão Windows que era desenvolvido em Visual Basic, conhecido como VB.

Ele era assim:

Siscomex Importação Versão Basic

Em agosto de 2012 entrou em produção o Siscomex Importação Web, trazendo uma série de funcionalidades e facilidades em uma nova linguagem.

Atualmente, estamos em processo de mudança com a nova DUIMP, Declaração Única de Importação, no Portal Único Siscomex. No momento, a DUIMP está em teste piloto apenas para algumas empresas.

Veja como é hoje:

Portal Único Siscomex

Desta vez as mudanças são mais profundas visto que além das evoluções tecnológicas também está ocorrendo uma mudança no processo em si.

O que é o Novo Processo de Importação?

O objetivo geral do Projeto da Nova Importação é a coordenação das atividades de registro, acompanhamento e controles administrativos, aduaneiros e fiscais das operações, bem como a unificação da entrada dos dados solicitados aos importadores e a melhora no seu compartilhamento de forma a eliminar redundâncias.

A revisão do processo de importação seguiu as seguintes etapas:

  • Mapeamento dos processos atuais;
  • Análise dos processos atuais;
  • Elaboração do novo processo e implantação do novo processo.

Primeiramente foi iniciada com uma atividade de mapeamento por parte do setor privado, conduzida pela Procomex, mediante instrumentos de cooperação técnica com a Secex e a RFB.

O que é a DUIMP?

A Declaração Única de Importação, conhecida como DUIMP é o novo documento eletrônico que  reunirá todas as informações de natureza aduaneira, administrativa, comercial, financeira, tributária e fiscal pertinentes ao controle das importações pelos órgãos competentes da Administração Pública brasileira na execução de suas atribuições legais.

E você, está preparado para a nova DUIMP?

O objetivo do novo processo de importação é facilitar o comércio internacional legítimo. Reduzindo os custos da operação e aumentando a competitividade das empresas, com vistas à melhoria do ambiente de negócios.

São muitas as novidades do novo processo em comparação ao modo anterior de importar.

Abaixo destacamos alguns dos principais pontos, são elas:

  • Possibilidade de início do processo antes da chegada da mercadoria;
  • Licença de importação (LPCO) por lote e não operação a operação;
  • Armazenamento da mercadoria passará a ser necessário apenas para alguns casos, em que seja necessária a inspeção física da mercadoria, ou quando o importador desejar;
  • Catálogo de Produtos: Dessa forma, a cada nova operação, as informações já cadastradas serão aproveitadas.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior.  😉

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.

Conheça as 7 novidades do Novo Processo de Importação