Saiba mais sobre o desencalhe do Evergreen no Canal de Suez

O Navio encalhado no Canal de Suez no Egito é liberado hoje, 29/03, após seis dias bloqueando o tráfego. Quem deu a informação do desencalhe do Navio da Evergreen foi a Autoridade do Canal de Suez (SCA) por meio do almirante Osama Rabie.

O almirante, presidente da Autoridade do Canal de Suez, proclamou a retomada do tráfego de navegação no canal, anunciou a SCA em um comunicado.

Canal de Suez é liberado após desencalhe do navio da Evergreen

Foto: Suez Canal Authority (SCA)

Canal de Suez é liberado após desencalhe do navio da Evergreen

Mais cedo, no começo do dia 29/03, as autoridades locais, que administram a passagem, haviam comunicado que a embarcação já tinha sido redirecionada para o rumo correto e que tinha conseguido o desencalhe parcial.

Pouco depois das 15h15min (10h15min de Brasília), a embarcação finalmente foi colocada na direção do fluxo no meio do canal, com a popa e a proa liberadas.

Para ilustrar:

navio desencalhou no canal suez no egito

Navio Ever Given no Canal de Suez 29/3/2021 REUTERS/ Mohamed Abd El Ghany
Foto: Reuters

Canal de Suez: Navio encalhado no Egito, entenda o caso

O que é o Canal de Suez?

O Canal de Suez é um canal artificial, que atualmente possui 193,3 km de comprimento, e corta o Egito ligando os mares Mediterrâneo e Vermelho. Dessa forma, o Canal de Suez permite a comunicação marítima entre a Europa e a Ásia sem a necessidade de realizar o contorno do continente africano, o que acrescentaria um mês de viagem. Essa passagem tornou o Egito uma espécie de portal entre o Ocidente e o Oriente.

Antes de o Canal de Suez ser construído, os navios que navegavam entre o mar Mediterrâneo e o oceano Índico tinham que rodear todo o continente africano, contornando o cabo da Boa Esperança, que fica na ponta sul da África. Graças ao canal, os navios passam diretamente do mar Mediterrâneo para o oceano Índico. Antes dele, o trajeto de Londres, na Inglaterra, até Mumbai, na Índia, era de 19.950 quilômetros. Com o canal, o trajeto encurtou para 11.670 quilômetros.

👉🏼 Confira também nosso artigo: Localização de navios de carga

Ao contrário do Canal do Panamá, o Canal de Suez não necessita de comportas ou eclusas, isso é explicado pelo fato de não haver desníveis ou diferenças quanto ao nível do mar ao longo do trajeto. Dessa forma, o Canal de Suez é o maior canal sem eclusas do mundo. A dispensa de eclusas (obra de engenharia hidráulica que permite que embarcações subam ou desçam os rios ou mares em locais onde há desníveis) justifica-se porque os mares Vermelho e Mediterrâneo estão no mesmo nível altimétrico. Toda a extensão do canal engloba três grandes lagos: ao norte, o Manzala; depois, Timsah; e, ao sul, os lagos Amargos.

Confira também o nosso artigo sobre os maiores navios cargeiros do mundo.

Navio Ever Given encalhado entenda o caso no Egito

No dia 23 de março de 2021 o navio Ever Given encalhou no Canal de Suez. A embarcação tem 400 metros de comprimento — o equivalente a quatro campos de futebol — e 59 metros de largura, e saiu do porto chinês de Yantián com destino ao Porto de Roterdã, na Holanda.

O navio Ever Given, operado pela empresa de logística Evergreen, tem 400 metros de comprimento, 59 metros de largura e pode transportar até 20 mil contêineres de 6 metros.

Confira também nosso artigo: Os maiores gargalos do transporte marítimo mundial

👉🏼 Conheça nosso texto sobre os Principais Portos Africanos.

O que é Logística Internacional?

A Logística Internacional é uma ferramenta fundamental para a expansão do comércio exterior, e deve ser utilizada de forma estratégica para diferencial competitivo nas negociações internacionais.

A globalização tem tornado as empresas cada vez mais competitivas e com conceitos modernos aos seus procedimentos, negócios e produtos. Esse processo está integralmente ligado aos processos de compra, armazenagem e distribuição das mercadorias.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

Sinara Bueno
Leandro Sprenger

Empreendedor, Apaixonado por Tecnologia, Especialista em TI para Comércio Exterior e responsável pela criação de diversos sistemas de BI para Comex por mais de 15 anos. Co-criador da Plataforma de Ensino SimulaComex e do Sistema FComex.