Exportações para a Alemanha, saiba mais

A Alemanha é um importante parceiro comercial do Brasil. Em 2020 o país ficou em 8º lugar no Ranking dos Principais destinos das nossas exportações. Já na importação, ocupou a 7ª posição. Vale lembrar que a Alemanha é um dos maiores exportadores do mundo. Vamos entender o comércio Brasil-Alemanha.

No texto de hoje nós vamos descobrir quais são os principais produtos que exportamos para a Alemanha.

O que o Brasil exporta para a Alemanha

Confira a seguir quais são os produtos mais exportados do Brasil para a Alemanha.

 

Produtos exportados pela Alemanha

Valor FOB US$

Café não torrado 966 milhões
Minérios de cobre e seus concentrados 633 milhões
Farelos de soja 546 milhões
Motores de pistão 201 milhões
Minérios de ferro e seus concentrados 151 milhões
Outros produtos químicos inorgânicos 113 milhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 108 milhões
Celulose 104 milhões
Jóias 83,4 milhões
10º Calçados 56 milhões

Exportações para a Alemanha

Em 2020, a balança comercial entre Brasil e Alemanha fechou com déficit de US$ 5.245,4 Bilhões.

O Brasil exportou US$ 4,1 Bilhões para Alemanha em 2020. 

As exportações para o país alemão começaram 2021 a todo o vapor, o produto mais exportado até o momento é o café não torrado.

Para exemplificar, colocamos abaixo a imagem da Balança Comercial entre os dois países:

Exportações_para_a_Alemanha_dados

Fonte: Comexvis – Janeiro a Dezembro de 2020

Confira também a lista dos Principais Produtos Exportados pelo Brasil.

Relações Comerciais entre Brasil e Alemanha

As relações bilaterais entre os dois países são consideradas muito antigas visto que, em 1824, teve início a colonização alemã no Brasil, com a chegada de imigrantes ao Rio Grande do Sul. Em 1825, a Prússia reconheceu a independência do Brasil, e em 1826 houve a abertura do consulado brasileiro em Hamburgo.

Em 1859, a Prússia promulgou o chamado “Rescrito de Heydt”, proibindo a propaganda em favor da imigração para o Brasil, devido aos maus tratos sofridos pelos colonos alemães na província de São Paulo. Este rescrito teve efeito desfavorável sobre os possíveis emigrantes na Prússia, e de 1871 em diante, em toda a Alemanha. O decreto só foi revogado em 1896. Em 1900, o Barão do Rio Branco é nomeado ministro plenipotenciário em Berlim.

Brasil e Alemanha estabeleceram relações diplomáticas em 1871, logo após a Unificação Alemã e a criação do Império Alemão. Rompidas no contexto da II Guerra Mundial, as relações foram retomadas em 1951.

E ai, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.6 / 5. Número de votos: 7

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.