Exportações para a Suíça

A Suíça é um país montanhoso da Europa Central com um grande número de lagos, vilas e picos elevados dos Alpes. Suas cidades têm bairros medievais e monumentos como a torre do relógio Zytglogge, na capital Berna, e a ponte de madeira de Lucerna. O país também é conhecido por suas estações de esqui e trilhas. Os setores bancário e financeiro são muito importantes para a economia do país, e os chocolates e relógios suíços têm fama no mundo todo.

No artigo de hoje falaremos sobre o que o Brasil exporta para a Suiça.

Vem comigo.

Exportações para a Suíça

As exportações para a Suíça no ano de 2019 mostram que o país gerou uma receita de US$ 1,24 bilhão em valor FOB, valor este maior em 53,3% se comparado ao ano de 2018 quando as exportações chegaram a apenas US$ 811 milhões. 

A Balança comercial entre Brasil e Suíça nos mostra um déficit, pois o Brasil acaba por importar mais produtos do que exportar para o país. Este déficit em números, chegou a um total de 1,33 bilhão no mesmo período (janeiro e fevereiro). A projeção para o decorrer do ano segundo economistas é boa tanto nas exportações, como nas importações.

👉🏼 Confira também os principais produtos exportados do Brasil.

Principais produtos exportados para a Suíça

A seguir, confira uma tabela com os principais produtos exportados do Brasil para a Suíça no ano de 2019:

Principais produtos exportados para a Suíça Valor FOB
Ouro, não monetário (excluindo minérios de ouro e seus concentrados) 837 milhões
Aeronaves e outros equipamentos, incluindo suas partes 66,3 milhões
Demais produtos – indústria de transformação 57 milhões
Minérios de ferro e seus concentrados 50,9 milhões
Carne de aves 36 milhões
Outros artigos manufaturados diversos 31,3 milhões
Óleos combustíveis de petróleo ou minerais betuminoso 30 milhões
Outros produtos comestíveis e preparações 25,9 milhões
Obras de arte, peças de coleção e antiguidade 21,7 milhões
10º Outros medicamentos incluindo veterinários 11,3 milhões

Fonte: Comexstat – Janeiro a Dezembro de 2019

Como podemos ver, o ouro aparece como o primeiro colocado quando falamos das exportações correspondendo a mais de 60% do total das exportações que vão para o país suíço. Aeronaves aparecem na nossa segunda colocação, mas correspondem a apenas 5,4% do total das exportações que foram para o país.

Economia da Suíça

Brasil e Suíça possuem um relacionamento comercial harmonioso e de longo prazo. O Brasil é o principal parceiro econômico na América Latina, responsável por 26% dos negócios suíços na região. No ano de 2018, o Brasil ocupou a 23ª posição no ranking dos mais importantes parceiros comerciais da Suíça. O Brasil foi destino de cerca de 38% de exportações da Suíça à América Latina em 2018. O segundo parceiro para o setor exportador na região é o México, para onde se dirigiram 21% de suas vendas, seguido da Argentina, com cerca de 12%.

O Brasil vende principalmente ouro. Além do campo econômico, as duas nações mantêm uma excelente relação diplomática no setor cultural e político e realizam reuniões ministeriais e consultas políticas regulares.

De acordo com a Secretaria Federal de Estatísticas da Suíça, atualmente, aproximadamente 18 mil suíços moram, enquanto a comunidade brasileira na Suíça é de 21.858 pessoas.

Veja também as Importações da Suíça.

E aí, gostou deste conteúdo? Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais e se inscreva no nosso blog para ficar por dentro dos assuntos de Comércio Exterior. 😉

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.