Exportações para a Venezuela

A Venezuela é um importante país parceiro comercial do Brasil, mas com a crise que se instalou no país acabou trazendo também uma queda nas importações e exportações entre Brasil e Venezuela. A crise iniciou sobretudo no ano de 2013 e neste ano (2013) as exportações foram de US$ 4,84 bilhões. Em 2020 as exportações foram de US$ 782 Milhões, ou seja, podemos notar uma queda muito grande em valores.

Mas o que esperar de 2021? Vamos ver um pouco mais destes dados agora.

Exportações para a Venezuela: Saiba mais

Na comparação do comércio entre os dois países entre os anos de 2019 e 2020, as trocas cresceram bastante — aumento de cerca de 86%. Até o final de 2020, o Brasil vendeu para a Venezuela US$ 782 milhões, e comprou US$ 76 milhões. 

A Venezuela é o 44º colocado como país para onde o Brasil exportou seus produtos no ano de 2020, com uma participação de 0,4% nas exportações.

O ano de 2021 não está tão ruim assim, até abril deste ano as exportações para o país aumentaram em torno de 35,9% em comparação ao mesmo período do ano de 2020. Até maio deste ano foram exportados em valor cerca de US$ 223,5 milhões.

 

Principais produtos exportados para a Venezuela

A seguir, confira quais os principais produtos exportados para a Venezuela no ano de 2020.

Principais produtos exportações % Valor FOB US$
Açúcares e melaços 22 175 milhões
Gorduras e óleos vegetais, “soft”, bruto, refinado ou fracionado 12 93,2 milhões
Outros produtos comestíveis e preparações 9,0 70,1 milhões
Arroz com casca, paddy ou em bruto 7,3 56,9 milhões
Preparações e cereais, de farinhas, ou amidos de frutas ou vegetais 6,4 50,1 milhões
Margarina e reduções 6,2 48,8 milhões
Arroz sem casca ou semi elaborado, polido, glaceado, quebrado, parbolizado ou convertido 6,0 46,8 milhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 4,3 33,8 milhões
Ração ou farinha de outros cereais 4,0 31,0 milhões
10º Milho não moído, exceto milho doce 3,1 24,4 milhões

Fonte: ComexStat

Os principais produtos que vão para o país venezuelano são açúcar, gorduras e óleos vegetais e outros produtos comestíveis e preparações. O açúcar que gerou ao Brasil no ano de 2020 US$ 175 milhões. Aparecem aqui na nossa tabela também arroz com casca que gerou ao país cerca de US$ 56,9 milhões.

Balança comercial Brasil x Venezuela

A Balança comercial entre Brasil e Venezuela nos mostra um superávit de US$ 706,1 milhões no ano de 2020. Em 2021 a balança entre os dois países já mostra este superávit em US$ 223,5 milhões.

Exportações para a Venezuela: dados

Crise Venezuelana

A crise na Venezuela foi algo que se iniciou por volta de 2013 e, desde então, arrasta-se nesse país sul-americano. Trata-se de uma crise econômica, uma vez que a economia do país está destruída, mas também política, uma vez que a disputa pelo poder e o autoritarismo de Maduro levaram a isso.

Atualmente, ainda, a Venezuela encara uma grave crise humanitária, pois parte considerável de sua população sofre com a falta de alimentos, o que a força a ter que se refugiar em países vizinhos. Além desse último caráter crítico, a Venezuela vive no entanto sob a ameaça de sofrer uma intervenção militar direta dos Estados Unidos.

Incentivos à Exportação

O Regime Aduaneiro Especial de Drawback é considerado, um incentivo fiscal à exportação. O regime consiste na suspensão ou eliminação de tributos incidentes sobre a aquisição de insumos utilizados na produção de bens a serem exportados.

Por fim, separamos alguns artigos que falam das exportações brasileiras para outros países.

Conheça a lista de alguns dos nossos textos sobre exportações, são eles:

Exportações e Importações do Brasil em 2021

Já em 2021, até o mês de Novembro, o Brasil totaliza um valor corrente de negociações de US$ Milhões 454.996,8. Sendo US$ Milhões 256.028,3 de exportações, e US$ Milhões 198.968,5. Gerando um superávit de US$ Milhões 57.059,8.

Já o produto mais exportado no ano de 2021 foi o Minério de Ferro e seus concentrados. Quanto ao produto mais importado foi “Adubos ou Fertilizantes Químicos” conforme dados do ComexStat.

Para exemplificar:

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

Tenha o roteiro de elaboração da DU-E em mãos!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.