Exportações para Hong Kong

Hong Kong é um dos destinos das exportações brasileiras, o país está na 19ª como principal destino de exportação no ano de 2020, com uma participação de 1,11%, e no ano de 2021 aparece na 28ª colocação até o momento. 

Em 2018, Hong Kong foi a economia número 43 do mundo em termos de PIB (dólar internacional constante em 2011), número 34 no total de exportações, número 7 no total de importações e número 32 na economia mais complexa, de acordo com o Relatório Econômico. Índice de Complexidade (ICE). 

Vamos agora conhecer melhor os dados de exportações do Brasil para o país.

Exportações para Hong Kong: Saiba mais

As exportações para Hong Kong no ano de 2020 foram consideráveis, deixando o país como o 19º colocados como principais países para onde vão produtos brasileiros. O país gerou ao Brasil uma receita de US$ 2,3 bilhões, valor este inferior ao ano anterior (2020) quando o valor gerado foi de US$ 2,4 bilhões.

O ano de 2021 apresentou uma queda de 13,2% até o mês de julho se comparado ao ano de 2020, isso se deve entre outros fatores pela pandemia do coronavírus.

Principais produtos exportados para Hong Kong

Confira na tabela a seguir, descubra o que o Brasil vende para Hong Kong:

Principais produtos exportados % Valor FOB US$
Carne bovina 35 811 milhões
Matérias brutas de animais 14 314 milhões
Outras carnes 13 312 milhões
Carne Suína 10 238 milhões
Carne de Frango 10 237 milhões
Óleos combustíveis de petróleo 6,0 149 milhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 4,4 103 milhões
Ferros 1,6 36,8 milhões
Couro 1,6 36,1 milhões
10º Ouro não monetário 1,2 26,9 milhões

Fonte: ComexStat

As carnes são os principais produtos comprados do Brasil por Hong Kong e como podemos ver, as cinco primeiras colocações dizem respeito a carnes de diversos tipos. A carne bovina é a que aparece na primeira colocação, tendo gerado em receita no ano de 2020 um valor de US$ 811 milhões, correspondendo a 35% de todos os produtos exportados ao país no ano. A carne Suína e de Frango aparecem na 4ª e 5ª colocação respectivamente.

Balança Comercial Brasil x Hong Kong

A balança comercial entre os dois países nos mostra também que houve um superávit no valor de US$ 173 bilhão, ou seja, foram exportados mais produtos para Hong Kong do que importados do mesmo.

Confira imagem a seguir ilustrando isso:

Exportações_para_Hong_Kong

História de Hong Kong

Hong Kong é uma região especial da China existente desde julho de 1997. Seu território, localizado no estuário do Rio das Pérolas, compreende a ilha de Hong Kong, a península de Kowloon, a ilha de Lantau, além de alguns ilhéus menores, num total de 1104 km². Junto com Macau, esta antiga colônia britânica constitui uma das duas Regiões Administrativas Especiais da China e abriga cerca de 7 milhões de habitantes, a maioria de chineses da etnia han.

Confira também os produtos exportados pela China.

O território adota duas línguas oficiais, o inglês e o chinês. A China cedeu a ilha de Hong Kong ao Reino Unido em 1842 após a Primeira Guerra do Ópio. Posteriormente, os ingleses anexaram a vizinha península de Kowloon e as muitas ilhas menores ao redor da colônia, que em tratado foram arrendadas por 99 anos, passível de renovação por igual período. O aparato colonial fará com que Hong Kong obtenha um impressionante desenvolvimento durante os cerca de 150 anos seguintes como um posto avançado do império britânico no extremo oriente, tornando-se um importante centro empresarial e comercial.

Por ter um perfil oposto ao do modelo socialista da China, foi acertado que o território seria governado com base no princípio de “um país, dois sistemas”, em que Pequim concorda em dar à região um alto grau de autonomia e de preservar seus sistemas econômicos e sociais para 50 anos a partir da data da entrega. O governo central fica encarregado de controlar as políticas externa e de defesa de Hong Kong, mas o território conserva sua própria moeda e estatuto aduaneiro, além de controle em outros setores.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

Tenha o roteiro de elaboração da DU-E em mãos!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.