Exportações para o Japão

Em 2020, 1,97% das Exportações Brasileiras foram destinadas para o Japão. Dessa forma, o Japão foi o 6º colocado no ranking das exportações do Brasil. 

Mas você sabe quais produtos o Japão compra do Brasil? Neste artigo, veremos quais são os Principais Produtos Exportados do Brasil para Japão😉

 

Principais Produtos Exportados para Japão em 2020

Confira a Lista dos 10 Produtos que o Brasil exporta para Japão:

  Produtos Exportados Japão Valor FOB US$
Minérios de ferro e seus concentrados 892 Milhões
Milho moído, exceto milho doce 697 Milhões
Carnes de aves e suas miudezas 658 Milhões
Café não torrado 292 Milhões
Alumínio 118 Milhões
Ferro 180 milhões
Farelos de soja e outros alimentos para animais 156 Milhões
Soja 156 Milhões
Celulose 145 Milhões
10º Demais produtos – Indústria de Transformação 6,39 Milhões

Fonte: Comexstat no período de Janeiro a Dezembro de 2020.

Como podemos ver na tabela acima, o principal produto exportado foi o Minério de ferro o qual correspondeu no ano de 2020 a basicamente 25% de todas as exportações para o país, seguida do milho moído e carnes de aves.

Para ilustrar:

Exportações para o Japão

Exportações Brasileiras para o Japão

O Brasil exportou para o Japão em 2020 o valor total de 4,1 Bilhões, sendo o Minério de Ferro o principal dos produtos. A projeção é de que em 2021 as carnes de aves cresçam nos números de exportações para o país.

A balança comercial de 2020 das exportações para o Japão fecharam com  déficit de – 64 Milhões. Ou seja, neste período Importamos mais do que importamos do Japão.

Balança comercial japão

Percebemos na imagem acima que o Japão além de estar entre os maiores exportadores, está também esta entre os maiores importadores do mundo ficando na 6ª colocação.

Comparado ao ano de 2021 (período de janeiro a abril) as exportações para o país japonês tiveram uma queda considerável, pois atualmente ocupa o 13º lugar nas exportações com um déficit de -624,4 milhões, o que significa que importamos mais do que exportamos.

Economia Japonesa

A economia do Japão avançou grandiosamente logo depois da Segunda Guerra Mundial. Ao sair da guerra derrotado, o país recebeu então ajuda financeira vinda dos norte-americanos para se reerguer.

Na década de 1970, o Japão fez então investimentos no desenvolvimento industrial e tecnológico e tornou-se, nessa mesma época, uma grande potência econômica no mundo.

Durante as décadas de 1980 e 1990, a economia do Japão assumiu todavia um posto de extrema relevância, o suficiente para fazer o país ocupar o segundo lugar como o mais rico do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Dos fatos que contribuíram para que a economia do Japão ganhasse destaque em relação aos demais países do continente asiático, foi a presença dos norte-americanos logo após a derrota dos japoneses na Segunda Grande Guerra.

O país passou a ser referência na  produção e exportação de automóveis, artigos eletrônicos e objetos de informática. Atualmente, a economia do Japão é baseada na metalurgia, siderurgia, produção naval, notáveis empresas multimarcas, sólido sistema bancário, entre outros fatores.

Outro ponto bem desenvolvido no Japão é a infraestrutura, em especial os portos, rodovias, geradores de energia. Devido aos altos salários pagos pelas empresas, essa sociedade possui então um elevado poder de consumo, contribuindo com o desenvolvimento do mercado interno.

Existe um alto índice de exportação no país, principalmente dos produtos industrializados. No entanto, as grandes importações de matérias-primas e mercadorias agrícolas são necessárias, pois o território japonês é pequeno, fazendo com que a agricultura seja escassa.  As reservas de recursos minerais são poucas.

O PIB (produto interno bruto) do país em 2020 era de 5,048 trilhões USD (2020).

E ai, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Qual é o principal produto que o Brasil exporta para o Japão?

O principal produto é Minérios de ferro e seus concentrados, conforme dados do ComexStat para o ano de 2020.

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

🎯 Encontre Prestadores de Serviços de Comércio Exterior: Acesse o Portal de Empresas de Comex.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.