Exportações para o México: Saiba mais

No nosso texto de hoje vamos falar sobre as exportações para o México e iremos também conhecer quais são os principais produtos que o Brasil costuma exportar para o país mexicano.

No ano de 2020 foram exportados para o México US$ 3,8 Bilhões o que gerou um saldo positivo na balança comercial entre os dois países, ou seja, exportamos mais do que importamos.

O México aparece então no ranking de países para o qual mais exportamos nossos produtos, sendo o 10º maior parceiro comercial em 2020.

Vem comigo e vamos ver tudo isso de forma mais detalhada!😉

Exportações para o México

As exportações para o México marcaram 2020 tornando então o país como o 10º maior parceiro comercial do Brasil quando falamos de exportação. Fechou 2020 com um Déficit de US$ 33 Milhões, o que significa que o Brasil importou mais do que exportou para o país mexicano.

A Balança Comercial nos mostra um total de US$ 3,8 bilhões. Até abril de 2021 o valor gira em torno de US$ 1,45.

Já em 2021, considerando o período até Abril, tivemos um aumento de mais ou menos 14%, ficando na 9º de países que mais exportam do Brasil. 

Abaixo você confere os dados de 2020 de forma mais detalhada:

Exportações para o México: dados

Fonte: ComexStat – Dados de Janeiro a Dezembro de 2020

O México está entre as 15 maiores economias do mundo e é a segunda maior na América Latina, sendo bastante dependente dos Estados Unidos que é o seu principal parceiro comercial até o momento. Além, disso o México também está na 9ª posição do Ranking das Principais Origens das importações Brasileiras

Para ilustrar, confira os principais produtos exportados para o México, conforme levantamento realizado pelo ComexStat:

Exportações para o México: produtos

Principais produtos exportados para o México em 2020

Confira agora os principais produtos exportados do Brasil para o México:

  Produtos Exportados México Valor FOB US$
Motores para pistão e suas partes 448 Milhões
Veículos Automóveis passageiros 387 Milhões
Soja 289 Milhões
Milho não moído (exceto milho doce) 212 Milhões
Veículos automóveis para transporte de mercadorias e usos especiais 176 Milhões
Minério de ferro e seus concentrados 153 Milhões
Demais produtos – Indústria de Transformação 151 Milhões
Partes e acessórios dos veículos automotivos 136 Milhões
Madeira, parcialmente trabalhada e dormentes de madeira 101 Milhões
10º Pneus de borracha, bandas de rodagem intercambiáveis, flaps e câmaras de ar para rodas 94,6 Milhões

Conheça também as importações brasileiras do México.

Economia mexicana

  • Principais setores econômicos: indústria, petróleo, agricultura, finanças e turismo.
  • Moeda: peso mexicano
  • PIB (nominal): US$ 1,26 trilhão (em 2019)
  • PIB per capita (nominal): US$ 9.946 (em 2019)
  • Taxa de crescimento do PIB: -0,1%  (em 2019)
  • Desempenho do PIB no 2º trimestre de 2019 (em relação ao 1º trimestre de 2019): alta de 0,1%
  • Posição no ranking econômico mundial: 15º (em volume de PIB 2021)
  • Composição do PIB por setor da economia: serviços (64,1%), indústria (31,5%) e agricultura (3,9%) – (dados de 2018)
  • Força de trabalho (em 2021): 53,3 milhões de trabalhadores ativos.
  • Taxa de desemprego: 3,8% (em junho de 2021)
  • Investimentos: 18,9% do PIB (em 2020)
  • População abaixo da linha de pobreza: 46,2% (em 2021)
  • Taxa de juros do Banco Central: 4,0% (em dezembro de 2021)
  • Carga tributária (impostos e taxas): 33% do PIB (em 2020)
  • Dívida Pública: 45,5% do PIB (em 2021)
  • Dívida Externa: US$ 462,5 bilhões (em 2021)
  • Taxa de Inflação: 4,12% (em 2021)
  • Taxa de crescimento da produção industrial: 0% (no ano de 2017)
  • Principais produtos agropecuários produzidos: milho, trigo, soja, arroz, feijão, café, frutas, algodão, tomates, carne bovina, frango, leite e derivados.
  • Principais produtos industrializados produzidos: alimentos industrializados, bebidas, tabaco, produtos químicos, ferro e aço, petróleo, tecidos, roupas, calçados,  automóveis, bens de consumo duráveis.
  • Principais parceiros econômicos (exportação): Estados Unidos, Canadá e Alemanha.
  • Principais parceiros econômicos (importação): Estados Unidos, Japão, China e Coreia do Sul.

E ai, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

🎯 Encontre Prestadores de Serviços de Comércio Exterior: Acesse o Portal de Empresas de Comex.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.