EXPORTAÇÕES PARA SANTA LÚCIA | 10 produtos que mais comercializamos

O artigo de hoje vai nos mostrar os principais detalhes envolvendo as Exportações para Santa Lúcia. Conheça também a relação da balança comercial entre a região localizada no caribe e o Brasil, bem como a sua economia local.

Santa Lúcia  é um país insular das Pequenas Antilhas, no Caribe, próximo à Martinica, São Vicente e Granadinas e Barbados. Seu nome foi dado por Cristóvão Colombo, que ali esteve, em 1502.

Quer conhecer mais sobre as Exportações brasileiras para Santa Lúcia? Então pegue o seu café e venha comigo. 😉

Exportações para Santa Lúcia: principais produtos

Segundo levantamentos realizados pelo Comex Sat, em 2020, os principais produtos brasileiros exportados para Santa Lúcia foram:

Produtos exportados para Santa Lúcia Valor FOB US$
Óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus 📦 36,9 milhões
Folheados, contraplacados de madeira 📦 784 mil
Materiais de construção de argila 📦 354 mil
Despojos comestíveis de carnes 📦 247 mil
Farelos de soja 📦 227 mil
Máquinas não elétricas 📦 165 mil
Manufaturas de madeira 📦 128 mil
Demais produtos – Indústria de Transformação 📦 107 mil
Gorduras e óleos vegetais, “soft” 📦 91,2 mil
10º Cal, cimento e materiais de construção 📦 55,7 mil

Fonte: ComexStat — Dados do Ano de 2020.

Com relação aos principais produtos exportados para Santa Lúcia do Brasil, a Indústria Extrativa sai na frente, seguido da categoria da Indústria de Transformação e Agropecuária.

Veja agora a relação completa dos produtos exportados para Santa Lúcia na imagem a seguir:

Foi desenvolvido na ilha pelos ingleses o cultivo de cana-de-açúcar e, posteriormente, a introdução do cacau. Frutas tropicais também são produzidas, como a banana (seu principal produto) e o coco.

Balança comercial entre Santa Lúcia e Brasil

Até novembro de 2021, o Brasil aponta um Superávit de US$ 182,2 milhões, isso significa que foram exportados mais produtos para Santa Lúcia do que importados do país. Entretanto, o país ocupa atualmente o 221º lugar no ranking de importações.

Já no ranking das exportações, Santa Lúcia ocupam o 77º lugar dos países que mais compram produtos brasileiros.

Só para exemplificar, em 2020 a Balança Comercial entre os dois países nos apresentou, um Superávit de US$ 39,2 milhões, valor relativamente alto se comparado com outros países caribenhos. Embora ainda tenha um importante campo a ser explorado nas relações do Comex.

Escrevemos um artigo sobre as Importações no Brasil, nele você vai conhecer alguns dos principais produtos importados de outros países.

O crescimento do volume dos bens com origem nos seguintes parceiros comerciais foram os principais responsáveis pelo aumento do volume total importado na América Central e Caribe ( 61,1 %).

Veja agora os dados completos da balança comercial de 2020 conforme imagem abaixo:

Exportações para Santa Lúcia: economia do país

Os investimentos feitos pelo país, como melhorias em estradas, comunicações, abastecimento de água, esgotamento sanitário e instalações portuárias, têm atraído investimento estrangeiro no turismo e no armazenamento de petróleo e transbordo.

A recente mudança no regime de preferência de importação da União Europeia e o aumento da concorrência de produtos agrícolas latino-americanos (principalmente a banana) fizeram uma diversificação econômica cada vez mais importante em Santa Lúcia.

Vale ressaltar que a ilha tem sido capaz de atrair negócios e investimentos estrangeiros, especialmente em seus setores bancário e de turismo no exterior, que é a principal fonte econômica da ilha. O Produto interno bruto (PIB) do país é de US$ 2,101 bilhões, ou seja, fazendo desta a 187ª maior economia do mundo.

O setor industrial é o mais diversificado na área leste do Caribe, e o governo está tentando revitalizar a indústria da banana.

Localização geográfica do país

A ilha de Santa Lúcia, como as suas vizinhas, tem origem vulcânica. É percorrida de norte a sul por uma cadeia de montanhas, a mais alta das quais é o monte Gimie, com 959 m de altitude. Dois montes gêmeos de grande beleza, o Gros Piton, com 798 m, e o Petit Piton, com 750 m, emolduram uma pequena baía no sudoeste.

Lembrando que a área total das Ilhas Cayman é de 539 Km²Para Ilustrar, confira o mapa de Santa Lúcia na imagem a seguir:

De fato, Santa Lúcia tem um grande potencial a ser explorado no comércio exterior brasileiro. Confira também nossos textos sobre as Exportações no Brasil.

Por fim, separamos alguns artigos que falam das exportações brasileiras para outros países.

Conheça a lista de alguns dos nossos textos sobre exportações, são eles:

Qual a importância do Comércio Exterior?

Uma das principais vantagens do Comércio Exterior é a possibilidade de importar mercadorias não existentes no país. Esse investimento é muito benéfico, pois garante um diferencial competitivo para as empresas que comercializam esses produtos internacionais no Brasil.

O mesmo vale para a exportação. Existem mercadorias que temos em grandes volumes no país, como é o caso dos produtos de origem agrícola. Os granéis agrícolas, como a soja, o milho e o trigo, são produzidos em grande escala no país, e a exportação contribui muito para a economia nacional.

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Quais os principais produtos exportados para Santa Lúcia?

Os principais produtos exportados para Santa Lúcia são: Óleos brutos de petróleo, folheados, contraplacados de madeira, materiais de construção de argila, despojos comestíveis de carnes, farelos de soja, máquinas não elétricas, manufaturas de madeira, demais produtos - Indústria de Transformação, gorduras e óleos vegetais e cal e materiais de construção.

Qual a área total do território de Santa Lúcia?

A área total das Ilhas Cayman é de 539 Km².

Qual o valor da balança comercial entre Santa Lúcia e Brasil?

Em 2020 a Balança Comercial entre os dois países nos apresentou, um Superávit de US$ 39,2 milhões.

leandro.sprenger

Empreendedor, Apaixonado por Tecnologia, Especialista em TI para Comércio Exterior e responsável pela criação de diversos sistemas de BI para Comex por mais de 12 anos. Co-criador da Plataforma de Ensino SimulaComex e do Sistema FComex.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.