Principais Produtos Exportados pelo Ceará

Em 2019, as exportações do Ceará representaram 1% das exportações Brasileiras. O Estado ocupa a 14ª posição no Ranking dos Estados que mais exportam. Saiba quais são os Principais Produtos Exportados pelo Ceará.

O Ceará é um Estado brasileiro localizado na Região Nordeste, cuja capital é a cidade de Fortaleza. Na capital vivem cerca de 2.452.185 habitantes. O Estado do Ceará possui uma área territorial de 148.920,538 km2, na qual se encontram 184 municípios, que juntos somam 8.452.381 habitantes. Os habitantes deste estado são chamados de cearenses.

A fonte dos dados é o ComexVis, e compreende o período de Janeiro a Novembro de 2019.

Principais Produtos Exportados pelo Ceará 

  1. Produtos semimanufaturados de ferro ou aço;
  2. Calçados;
  3. Motores, geradores e transformadores elétricos e suas partes;
  4. Castanha de caju;
  5. Ceras vegetais;
  6. Demais produtos manufaturados;
  7. Outros sucos de frutas ou produtos hortícolas congelados ou não;
  8. Couros e peles depilados, exceto bruto;
  9. Lagosta congelada; e
  10.  Melões frescos.

Vamos entender mais sobre as exportações do Ceará. Vou agora falar sobre cada um deles de forma mais detalhada 😉

1) Produtos semimanufaturados de ferro ou aço

Os produtos semimanufaturados de ferro ou aço aparecem na primeira colocação como principais produtos exportados pelo Ceará. Vem representando cerca de 53% do total das exportações do estado cearense, no ano de 2018 correspondia a 58%, com isso podemos ver uma queda considerável quando comparamos os dois anos.

2) Calçados

De janeiro a abril de 2019, as exportações cearenses de calçados já acumularam US$ 99,3 milhões, o que representa um crescimento de 5,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. A indústria local, tem exportado principalmente sandálias, que ocupam as primeiras posições do ranking de produtos vendidos ao exterior.

Representa até o momento 10% das exportações do Ceará.

3) Motores, geradores e transformadores elétricos e suas partes

São equipamentos bastante utilizados principalmente em momentos que falta energia elétrica. Suas partes são fundamentais para concertos e afins.

Já motores são utilizados em diversos equipamentos, e por esse motivo, sua exportação é de suma importância. Representa assim em 2019 cerca de 7,9% das exportações totais do estado.

4) Castanha de caju

Maior exportador de castanhas de caju do Brasil, o Ceará acumula, entre janeiro e abril de 2019, US$ 35,2 milhões em vendas ao exterior. O principal destino foram os Estados Unidos, que consumiram 41,3% do total exportado em castanhas, totalizando US$ 14,5 milhões. Em 2019 exportou um total de 4,3% do total de exportações pelo estado do Ceará.

5) Ceras vegetais

Ceras vegetais aparecem na nossa quinta colocação representando assim 3,1% das exportações totais do estado cearense. No ano de 2018 representava apenas 2,3% das exportações.

6) Demais produtos manufaturados

São aqueles produtos fabricados de uma forma padronizada  em grande quantidade por uma mão de obra qualificada, até novembro de 2019 representava 2,7% das exportações do estado cearense.

7) Outros sucos de frutas ou produtos hortícolas congelados ou não

Na nossa sétima colocação temos outros sucos de fruta ou produtos hortícolas congelados ou não, representando 2,6% das exportações. Teve então uma variação positiva de mais ou menos 2% se comparada ao ano anterior. 

8) Couros e peles depilados, exceto bruto

Couros e peles depilados, exceto em brutos aparecem na oitava colocação, representando então cerca de 2,3% do total exportado pelo estado.

9) Lagosta congelada

O estado do Ceará é então segundo maior exportador de lagosta do País, atrás apenas do Pará, no ano de 2019 até o mês de novembro representava um total de 2,3% das exportações do estado do Ceará. Teve uma variação positiva de 37% se comparada ao ano de 2018 quando representava apenas 1,7% das exportações do estado.

10) Melões frescos

Em 2019, o Ceará exportou cerca de 17,1 mil toneladas de melões frescos, dos quais 90% seguiram para a Europa, onde o ranking de maiores compradores foi preenchido por Holanda, Reino Unido e Espanha. Representa então cerca de 1,7% das exportações do estado.

Balança Comercial do Ceará

A balança comercial do Ceará teve no ano de 2019 um déficit de -105,55 milhões no seu saldo. Nos quatro primeiros meses de 2019, o Estado exportou um total de US$ 735,186 milhões, o que representa então um aumento de 15% ante o resultado de 2018.  

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre comércio exterior. 😉

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.