Principais produtos exportados pelo Rio de Janeiro

Em alguns dos nossos artigos já vimos dados de importação e exportação no Brasil, mas com a finalidade de tirar suas dúvidas sobre alguns estados que mais exportam resolvemos trazer dados mais específicos. Portanto, no conteúdo de hoje vou falar sobre os principais produtos exportados pelo Rio de Janeiro. 

Bora lá! Fique comigo até o final. Vem saber mais sobre as exportações do Rio de Janeiro. 😉

Tópicos deste artigo:

  • Principais produtos exportados pelo Rio de Janeiro;
  • Detalhes sobre cada um dos produtos;
  • O que é a exportação; e
  • Como funciona a exportação.

Vamos lá:

Principais produtos exportados pelo Rio de Janeiro (RJ)

  1. Óleos brutos de petróleo;
  2. Partes de motores e turbinas para aviação;
  3. Produtos semimanufaturados de ferro ou aços;
  4. Tubos flexíveis de aço ou ferro;
  5. Demais produtos manufaturados;
  6. Óleos combustíveis;
  7. Gasolina;
  8. Automóveis passageiros;
  9. Pneumáticos; e
  10. Produtos laminados planos de ferro ou aço.

Para ilustrar:

Fonte: MDIC

Exportação do Rio de Janeiro

Conforme o estudo feito pelo agora SECINT, as exportações no Brasil avançaram 37% em relação a 2017 e 2018.

O estado do Rio de Janeiro (RJ) exporta cada vez mais produtos com alto valor agregado, como partes de motores e turbinas para aviação; Máquinas, aparelhos e materiais elétricos; Equipamentos de informática, eletrônicos e ópticos; Produtos alimentícios e produtos químicos.

O Rio de Janeiro ocupa a 2ª colocação dos estados que mais exportam no Brasil, no período de Janeiro a Outubro de 2019.

O estado do Rio também emplaca dois municípios no Ranking das Cidades que Mais Exportam no Brasil, sendo elas: Duque de Caxias e a Cidade do Rio de Janeiro.

A seguir vou falar um pouco mais sobre cada um dos produtos e suas características na exportação.

Confira lista dos 10 Principais produtos exportados pelo Rio de Janeiro:

1- Óleos Brutos de Petróleo

Óleos Brutos de Petróleo representam mais de 66% dos produtos exportados pelo Rio de Janeiro, e como já visto no artigo principais produtos exportados pelo Brasil aqui no blog, os óleos brutos de petróleo são no seu geral um dos produtos que mais são exportados no Brasil, ficando em segundo lugar no ranking geral do Brasil de exportações. 

2- Partes de motores e turbinas para a aviação

Partes de motores e turbinas para aviação correspondem a 6,6% do total de exportações do Rio de Janeiro ficando assim em segundo lugar nas exportações.

3- Produtos semimanufaturados de ferro ou aços

Produtos semimanufaturados são produtos em parte industrializados, ou seja , que precisam passar por outras fases de processamento até chegar a sua forma final aparecem no terceiro lugar com 5,5% do total das exportações.

4- Tubos flexíveis de aço ou ferro

As exportações brasileiras de tubos de aço ou ferro foram afetadas ao longo do ano pela guerra comercial de China e Estados Unidos. Com o passar do ano de 2019, passou a representar 3,5% do total de produtos importados, estando assim na 4ª colocação.

5- Demais produtos manufaturados

São aqueles produtos criados de forma padronizada e em grande quantidade como, por exemplo, roupas e calçados corresponde a 2,5% das exportações pelo Rio de Janeiro.

6- Óleos combustíveis

O óleo combustível é um derivado de petróleo, portanto, é também tratado como óleo combustível pesado ou ainda como óleo combustível residual. Representa 2,2% das exportações.

7- Gasolina

Outro produto que aparece com bastante visibilidade quando falamos de exportação, é a gasolina que em 2019 está representando 1,8% das exportações pelo RJ, subiu consideravelmente de posição com relação à mesma época de 2018, quando representava apenas 0,75%.

8- Automóveis passageiros

O setor teve participação de 1,7% nas exportações realizadas pelo Rio de Janeiro em 2019. São aqueles automóveis com capacidade para até 7 pessoas incluindo o motorista.

9- Pneumáticos

Pneumático é aquilo que é relativo ao ar ou às máquinas com funcionamento por ar comprimido. Responde a 1,3% da exportações totais do RJ.

10- Produtos laminados planos de ferro ou aço

Tiveram uma queda considerável em comparação ao ano de 2018 quando representava 1,5% das exportações, caiu para 1,3% de Janeiro a Setembro de 2019 ficando assim na 10ª colocação.

Como exportar

Você ainda não sabe como exportar? Abaixo vou explicar como você pode fazer para começar a exportar seus produtos para outros países.

Para ter a permissão de ser uma exportadora, a empresa precisa, primeiramente, estar devidamente regularizada na Receita Federal. Isso significa que ela precisa operar conforme manda a legislação para a sua atividade, tendo escolhido o regime de tributação correto e tendo a devida regularidade fiscal e tributária.

Além disso, é obrigatório que a empresa possua o Registro de Habilitação no Ambiente de Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros (RADAR), um tipo de registro que permite que a Receita Federal rastreie a atividade da empresa em relação ao Comércio Internacional.

Mais do que isso, a empresa precisa conhecer profundamente todo o passo a passo para exportar, além de estar internamente preparada. Isso significa ter força em setores como financeiro, contábil e de marketing para garantir que os contratos sejam firmados e cumpridos conforme o estabelecido.

No geral, entretanto, se todas essas condições forem observadas, qualquer empresa, de qualquer tamanho e de qualquer setor, pode exportar dentro da lei.

E ai, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex Tecnologia para comércio exterior.

E-book: Guia da Declaração Única de Exportação (DU-E)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.