Estados que mais exportam no Brasil: Saiba mais

Atualizado em: por Sinara Bueno.

Já falamos aqui no blog da Fazcomex sobre quais os estados brasileiros que mais importam. Mas hoje abordaremos quais os estados que mais exportam no Brasil, confira este importante Ranking do Comércio Exterior. Saiba mais sobre as exportações por estado.

E-book - passo a passo DU-E

Você verá neste post relacionado às exportações dos estados brasileiros:

  • Principais estados exportadores; e
  • Balança Comercial dos Estados Brasileiros.

Vem comigo saber quais são os estados mais exportam no Brasil! 😉

estados que mais exportam

>> Leia cidades que mais exportam no Brasil


Estados que mais exportam no Brasil, 2019:

  1. São Paulo;
  2. Rio de Janeiro;
  3. Minas Gerais;
  4. Rio Grande do Sul;
  5. Pará;
  6. Mato Grosso;
  7. Paraná;
  8. Espírito Santo;
  9. Santa Catarina; e 
  10. Bahia.

Fonte: ComexVis, período de Janeiro a Outubro de 2019.

Vamos conhecer um pouco mais sobre a exportação por estados:


1. São Paulo (SP)

São Paulo lidera o ranking de estados que mais exportam há alguns anos.  Mesmo tendo uma queda na sua variação de janeiro a  outubro de 2019 de cerca de 9,78% negativos, acabou o mês de outubro representando 21,2% do total das exportações brasileiras.

Do total de produtos exportados pelo Brasil 15,96% é destinado ao Mercosul, 14,02% para a União Europeia, 30,23% para a Associação Latino-Americana de Integração (Aladi) e 22,47% para o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA). Para a Ásia, não incluindo países do Oriente Médio, é destinado 20,67% de tais produtos. Por fim, dentre os principais países compradores de produtos paulistas, destacam-se os Estados Unidos (EUA), com 17,36%, e a China, com 12,46% das exportações paulistas. Confira aqui os principais produtos exportados por SP.


2. Rio de Janeiro (RJ)

O estado carioca aparece em segundo lugar tanto nas importações como nas exportações Brasileiras. E representa 12,3% das exportações totais brasileiras, desde 2013 não tinha um desempenho tão bom neste quesito. O estado do Rio de Janeiro exporta seus produtos principalmente para países como China (47%), Estados Unidos (22%) e Holanda (6,0%).


3. Minas Gerais (MG)

Minas Gerais vem logo em seguida e corresponde a 11,2% das exportações que vão principalmente para países como China e Estados Unidos, exportando principalmente minérios de ferro e seus concentrados. Teve um aumento de 1,2% nas exportações no começo de 2019. Confira aqui a lista dos 10 Principais Produtos Exportados por Minas Gerais.


4. Rio Grande do Sul (RS)

O quarto lugar fica com o estado do Rio Grande do Sul, atualmente o principal destino das exportações é a China e o principal produto exportado é a soja. O estado representa 8,2% do total das exportações brasileiras.

A China, principal parceiro do setor, foi responsável por 29% da receita de exportação do Estado, seguida por Panamá (8,8%) e Estados Unidos (7,9%). Veja aqui a lista dos Principais Produtos Exportados pelo RS


5. Pará (PA)

O Pará vem na quinta colocação nos estados que mais exportam representando em torno de 7,7% do total das exportações de janeiro a outubro de 2019. Seu principal parceiro comercial é a China, seguido pela Malásia e Japão,a economia paraense é concentrada nas áreas da indústria, agropecuária e comércio e serviços. O principal produto exportado pelo estado durante o ano de 2019 foi Minérios de ferro e seus concentrados.


6. Mato Grosso (MT)

A economia do estado de Mato Grosso bateu recorde em 2019 e teve a maior taxa de crescimento dos últimos anos e é o estado que mais exportou soja no país. Fica assim na sexta colocação representando 7,7% do total das exportações brasileiras. Conheça os Principais Produtos Exportados pelo Mato Grosso.


7. Paraná (PR)

As exportações Paranaenses fecharam o ano de 2018 com saldo positivo segundo dados da SECINT foram exportados US$ 18,4 bilhões, crescimento de 1,7% em relação a 2017. Corresponde a 7,2% das exportações totais do Brasil e seu maior parceiro comercial é a China com 24% das exportações, seguida pela Argentina com 6,4%. Confira aqui os 10 principais produtos exportados pelo Paraná.


8. Espírito Santo (ES)

No ano de 2018, as exportações capixabas totalizaram US$ 8,8 bilhões, sendo o minério de ferro o principal produto da pauta e respondendo por US$ 2,91 bilhões desse montante. Destaque também para as exportações de café em 2018, que totalizaram US$ 444 milhões, valor 89% maior do que o registrado no ano anterior.

O estado capixaba vem em oitava colocação representando 4,1% das exportações do país. A economia do estado é representada principalmente pelas exportações de produtos como ferro, aço e granito. Confira a lista dos principais produtos exportados pelo Espírito Santo


9. Santa Catarina (SC)

O estado Catarinense vem na nona colocação, as facilidades fiscais do estado o deixam entre os 10 principais estados exportadores brasileiros. O estado teve uma alta de quase 56% das exportações de carnes (principal produto exportado pelo estado) no primeiro semestre de 2019 em comparação ao ano anterior. 

Representa atualmente 4% das exportações pelo Brasil. Veja a lista dos Principais Produtos Exportados por Santa Catarina


10. Bahia (BA)

A Bahia vem então na nossa última colocação de principais estados exportadores brasileiros e tem avançado com o aumento nas exportações de cacau na região.

A guerra comercial entre os Estados Unidos e a China e o aumento no preço de algumas commodities, como o petróleo, soja e minerais, contribuíram então para o crescimento de 27,1% no valor das exportações baianas em novembro de 2018 na comparação com igual mês de 2017, atingindo US$ 858,1 milhões. Atualmente o estado conta com 3,6% do total das exportações. O principal parceiro comercial do estado é a China representando em torno de 28% das exportações. Conheça os Principais Produtos Exportados pela Bahia.

 

Balança Comercial por estados brasileiros

A Balança Comercial, nada mais é, do que a união das contas importação e exportação do país sendo um importante indicador econômico que representa muito sobre a situação da região analisada, esse indicador é tão importante quanto o PIB.

O saldo da balança comercial resulta da diferença entre as exportações e importações. O saldo da Balança Comercial é considerado positivo quando há valores das exportações maiores que o das importações, havendo assim um superávit.

Quando esse valor é negativo, ou seja, quando os valores das importações são maiores que os das exportações, falamos que ocorre um déficit.

Confira abaixo a Balança Comercial dos 3 estados que mais exportam no Brasil.


Balança Comercial de São Paulo
:

Note que o Estado de São Paulo importou muito mais do que Exportou no período de Janeiro a Outubro de 2019, gerando assim um Déficit na Balança Comercial do estado. 

estados que mais exportam

 

Balança Comercial do Rio de Janeiro:

Já o estado do Rio de Janeiro teve um saldo positivo em sua Balança Comercial. Para ilustrar:

estados que mais exportam

 

Balança Comercial de Minas Gerais

O estado de Minas Gerais teve um Superávit em sua Balança Comercial em 2019. Para exemplificar:

estados que mais exportam


Dados Estatísticos de 2021: Exportação e Importação

Em  2021 (até o mês de Novembro), o Brasil totalizou um valor corrente de negociações no comércio exterior de US$ Milhões 454.996,8. 

Sendo US$ Milhões 256.028,3 de exportações, e US$ Milhões 198.968,5. Gerando um superávit de US$ Milhões 57.059,8.

O produto mais importado no ano de 2021 foi o “Adubos ou Fertilizantes Químicos”.

Quanto ao produto mais exportado no ano foi  “Minério de Ferro e seus concentrados” conforme dados do ComexStat.

E aí, gostou deste artigo sobre os estados que mais exportam, quais são os estados que mais exportam e os dados dos estados que mais exportam no Brasil? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

Sinara Bueno
Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex. É co-founder da Fazcomex

Webinário - Como elaborar e automatizar a DU-E na prática