O que é o Siscomex?

A iniciativa de criação do SISCOMEX fez com que o Brasil, nos anos 90, estivesse na vanguarda mundial em desenvolvimento de sistemas de comércio exterior. No entanto, apesar do sucesso de sua implementação, o sistema foi idealizado no contexto do comércio exterior brasileiro daquela época. Desde então, o comércio do Brasil com o Mundo aumentou expressivamente logo fez-se necessário a atualização do sistema e dos processos.

O Programa Portal Único de Comércio Exterior foi assim lançado com o objetivo de atender de forma mais eficiente a demanda do comércio exterior brasileiro da atualidade e dos próximos anos, de modo a fazer com que o SISCOMEX se mantenha efetivo no cumprimento de seus objetivos simplificadores e integradores, conforme traçados no momento de sua criação.

Neste artigo você verá:

  • O que é o Siscomex
  • O que é o Portal Único
  • Como acessar o Siscomex
  • Principais Módulos do SISCOMEX
  • História dos Sistemas de Comércio Exterior

Vamos lá!

O que é o Siscomex?

O SISCOMEX é a sigla de Sistema Integrado de Comércio Exterior – é um instrumento informatizado, por meio do qual é exercido o controle governamental do comércio exterior brasileiro.

O Sistema entrou em operação em 1993 com o módulo de Exportação e, em 1997, para as importações. Em 2014 foi lançado o Portal Único de Comércio Exterior.

Sem dúvida o Brasil inovou ao criar um fluxo único de informações na década de 90. Entretanto uma nova revisão se faz necessária atualmente. Dessa forma, desde 2014 iniciou-se o projeto do Portal Único de Comércio Exterior.

O que é o Portal Único

O Portal Único Siscomex é uma iniciativa de reformulação dos processos de importação, exportação e trânsito aduaneiro. Com essa reformulação, busca-se estabelecer processos mais eficientes e integrados entre todos os intervenientes públicos e privados no comércio exterior.

Da reformulação dos processos, o Programa Portal Único passa ao desenvolvimento e integração dos fluxos de informações correspondentes a eles e dos sistemas informatizados encarregados de gerenciá-los.

São órgãos responsáveis pelo projeto de reformulação do Comércio Exterior as equipes técnicas da Receita Federal do Brasil (RFB) e da Secretaria de Comércio Exterior (SECEX).

Como acessar o SISCOMEX

Com o objetivo de concentrar o acesso aos sistemas de comércio exterior em um único local, foi criado o site http://portal.siscomex.gov.br/

Nele o usuário pode acessar diversas informações, serviços e estatísticas do comércio exterior, assim como acessar todos os sistemas de comex do governo.

Para acessá-lo é necessário estar Habilitado junto a RFB (Receita Federal do Brasil) e possuir Certificado Digital.

Principais Módulos do SISCOMEX

Os Sistemas da “família” Siscomex possuem diversos módulos. Dentre Eles:

  • IMPORTAÇÃO: No Siscomex Importação WEB é possível elaborar a Licença de Importação (LI) e Declaração de Importação (DI). Acesso aqui.
  • EXPORTAÇÃO: A DU-E (Declaração Única de Exportação) deve ser elaborada no Portal Único de Comex. Acesso aqui.
  • DRAWBACK INTEGRADO SUSPENSÃO: Sistema para registro e acompanhamento de Atos Concessórios (AC) de Drawback na modalidade Suspensão-Integrado. Acesso aqui.
  • DRAWBACK ISENÇÃO WEB: Sistema para registro eletrônico e acompanhamento por ambiente “web” de Atos Concessórios (AC) de Drawback na modalidade Isenção. Acesso aqui.

História dos Sistemas de Comércio Exterior

Já passamos por diversas evoluções tecnológicas na exportação e na importação no Brasil.

Até 1993 usávamos as Guias de Exportação e Importação as quais eram datilografadas em formulário.

Em 1993 foi lançado o Siscomex Exportação, onde era elaborado o Registro de Exportação (RE) dentre outros documentos.

Só pra ilustrar:

 

Posteriormente, em Janeiro de 1997 foi lançado o Siscomex Importação em VB (Visual Basic), o qual era instalado por disquetes.

 

Em seguida, em 2012 foi lançada a versão WEB do Siscomex Importação desse modo substituindo o sistema anterior.

 

Com a finalidade de desburocratizar o Comércio Exterior Brasileiro, agora estamos vivendo uma revisão dos processos, além de uma evolução tecnológica com a implantação de novos sistemas. Dessa maneira, em Outubro de 2018 foi lançada a nova DUIMP (Declaração Única de Importação) a qual é acessado por meio do Portal Único.

 

E aí, gostou deste conteúdo? Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais e se inscreva no nosso blog para ficar por dentro dos assuntos de Comércio Exterior. 😉

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.

Solicite uma Apresentação do Sistema de Elaboração de DU-E da Fazcomex