Fluxo de Exportação

De forma simplificada podemos falar que a Exportação é a saída temporária ou definitiva em território nacional de bens ou serviços originários ou procedentes do país, podendo ser com ou sem cobertura cambial.

Há muitas vantagens em exportar, sendo uma das principais obter um melhor aproveitamento da capacidade de produção da empresa. 

Exportar pode ser uma decisão estratégica que traz desenvolvimento de seus negócios, e indiretamente fará com que você e sua equipe busque ter processos e produtos de mais qualidade.

Neste artigo teremos um enfoque na parte operacional do Comércio Exterior e não na internacionalização.

Aqui falaremos dos seguintes temas:

  • Passo a Passo da exportação
  • Fluxo Operacional da Exportação
  • Estatísticas de Comércio Exterior

Passo a Passo para exportar produtos

Confira abaixo o Roteiro simplificado de como exportar que preparamos para você.

  1. Identificar possíveis compradores no exterior;
  2. Enquadrar sua exportação às normas nacionais e internacionais;
  3. Habilitar a sua empresa como exportadora junto à Receita Federal e ao SECINT ( Ex – MDIC);
  4. Contatar o possível comprador e apresentar a empresa e o produto;
  5. Preparar o preço FOB ou FCA como básico (ou pelo INCOTERM que o importador solicitar);
  6. Definir seu preço, forma de pagamento, entrega, embalagem, etc;
  7. Emitir e enviar uma fatura Proforma para o importador analisar e confirmar o negócio;
  8. Aguardar a confirmação do negócio podendo ser através de pedido de compra (Purchase Order) por parte do comprador;
  9. Verificar a necessidade de Licença de Exportação para seu produto ou processo;
  10. Registrar a Exportação no Portal Único SISCOMEX, registrando a DU-E;
  11. Produção da mercadoria para entregar no prazo estabelecido;
  12. Contratar empresa para o transporte internacional, podendo ser através um armador ou agente de carga;
  13. Realizar ou contratar despachante aduaneiro para cumprir os trâmites de despacho;
  14. Emitir documentos fiscais, comerciais e financeiros;
  15. Fechar o câmbio de exportação com o banco autorizador (Banco Negociador);
  16. Acompanhar a chegada da mercadoria no destino; e
  17. Receber o pagamento através do Banco Negociador num determinado país.

 

Vale lembrar que nem sempre o processo de exportação seguirá a ordem sequencial acima, porém é a mais frequente.

Além disso, alguns processos podem ter mais passos, como por exemplo: financiamento de expo, incentivos fiscais, entre outros.

Fluxo de Exportação

Quanto a parte operacional relativa ao despacho e ao embarque da mercadoria para o exterior trouxemos o Fluxo básico da Exportação logo abaixo. Dessa forma, o leitor poderá compreender também a parte realizada no Portal Único de Comércio Exterior.

Para exemplificar:

Conheça o Fluxo de Exportação Fonte: Secex

Estatísticas de Comex

A análise de dados é essencial para qualquer gestor, sem números não se gerencia.

A investigação através de dados estatísticos é também um aliado à área comercial. De fato, a análise de dados históricos pode levar à insights importantes com o intuito de entrar no mercado internacional, por exemplo.

O exportador brasileiro pode contar com o Sistema Comexstat. O qual é um Portal para acesso gratuito às estatísticas de comércio exterior do Brasil.

Nesse ínterim, o exportador pode criar consultas detalhadas e verificar por exemplo qual é o país que mais compra seu produto (através da NCM). Entre outras importantes informações.

O que é a DU-E?

A DU-E (Declaração Única de Exportação) é um documento eletrônico que contém informações de natureza aduaneira, administrativa, comercial, financeira, tributária, fiscal e logística, que caracterizam a operação de exportação dos bens por ela amparados e definem o enquadramento dessa operação; e servirá de base para o despacho aduaneiro de exportação.

Aprendendo o Processo na Prática

Existem formas de aprender a trabalhar com os Sistemas Operacionais de Comex de maneira prática.

Simulador do Portal Único Siscomex

A Plataforma de Ensino SimulaComex é um ambiente na web criado especialmente para o usuário aprender na prática os processos de comércio exterior.

SimulaComex

A Plataforma conta com o Módulo de Exportação, Módulo de Importação e Classificação Fiscal de Mercadorias.

O SimulaComex é um ambiente criado especialmente para o aluno aprender na  prática a elaboração dos documentos burocráticos de Comércio Exterior, os quais fazem parte do fluxo operacional.

Cursos Online Práticos de DU-E e DUIMP

Além disso, temos o curso online sobre o Novo Processo de Importação com o Simulador de DUIMP. que tem como objetivo desenvolver competências associadas ao NOVO PROCESSO DE IMPORTAÇÃO, além de facilitar a compreensão das funcionalidades disponíveis no PORTAL ÚNICO DE COMÉRCIO EXTERIOR.

Da mesma forma, o curso online de DU-E. Desse modo, ambos cursos podem ser contratados por qualquer pessoa ou empresa.

 

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre comércio exterior. 😉

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.

E-book Grátis: Como Emitir a Nota Fiscal de Exportação do Jeito Certo para a DU-E