INCOTERM CIF: Como funciona?

O CIF é mais um dos Termos Internacionais de Comércio também conhecido como Incoterms. Dentre os 11 tipos, o  CIF é um dos mais usados nas transações de comércio exterior. 

Temas abordados hoje:

  • O que são INCOTERMS;
  • Quais grupos;
  • Como funciona o INCOTERM CIF; e
  • Quais responsabilidades comprador/vendedor.

O que são Incoterms

Incoterms são termos de contratos usados para algumas decisões entre comprador e vendedor, cada um dos 11 incoterms possuem regras próprias e a escolha sobre qual escolher depende dos requisitos de ambas as partes (vendedor e comprador), seu objetivo é definir responsabilidades e riscos e exportações e importações, se do vendedor ou do comprador. Os termos foram criados pela câmara de comércio internacional (ICC).

A partir de Janeiro de 2020 entra em vigor uma nova versão, confira aqui o Incoterms 2020 todos termos.

Incoterms são divididos em famílias, conformes suas letras, a seguir vou mostrar quais são eles.

Quais grupos dos Incoterms

Grupo E de Ex (Partida – Mínima obrigação para o exportador)

Grupo F de Free (Transporte Principal não Pago Pelo Exportador)

  • INCOTERM FCA – FREE CARRIER (named place of delivery): LIVRE NO TRANSPORTADOR (local de entrega nomeado);
  • INCOTERM FAS FREE ALONGSIDE SHIP (named port of shipment): LIVRE AO LADO DO NAVIO (porto de embarque nomeado); e
  • INCOTERM FOB – FREE ON BOARD (named port of shipment): LIVRE A BORDO (porto de embarque nomeado).

Grupo C de Cost ou Carriage (Transporte Principal Pago Pelo Exportador)

  • INCOTERM CFR –  COST AND FREIGHT (named port of destination): CUSTO E FRETE (porto de destino nomeado);
  • INCOTERM CIF – COST, INSURANCE AND FREIGHT (named port of destination): CUSTO, SEGURO E FRETE (porto de destino nomeado);
  • INCOTERM CPTCARRIAGE PAID TO (named place of destination): TRANSPORTE PAGO ATÉ (local de destino nomeado); e
  • INCOTERM CIP – CARRIAGE AND INSURANCE PAID TO (named place of destination): TRANSPORTE E SEGURO PAGOS ATÉ (local de destino nomeado).

 

Grupo D de Delivery (Chegada – Máxima obrigação para o exportador)

  • INCOTERM DAT – DELIVERED AT TERMINAL (named terminal at port or place of destination): ENTREGUE NO TERMINAL (terminal nomeado no porto ou local de destino);
  • INCOTERM DAP – DELIVERED AT PLACE (named place of destination): ENTREGUE NO LOCAL (local de destino nomeado); e
  • INCOTERM DDP – DELIVERED DUTY PAID (named place of destination): ENTREGUE COM DIREITOS PAGOS (local de destino nomeado).

 

Como funciona o INCOTERM CIF?

Quando se procede uma negociação aquaviária (marítima, fluvial ou lacustre), pode-se optar pelo INCOTERM CIF, onde o vendedor arca com todos os custos de transporte e seguro, até o porto de destino.

Vale lembrar que o vendedor tem a obrigação de contratar um seguro básico, porém, como a responsabilidade pela mercadoria passa a ser do comprador desde o momento do embarque no porto de origem então é prudente que o comprador verifique, e, se necessário, reforce a cláusula de seguro.

A responsabilidade pelo custo do frete e do seguro da mercadoria, volta ao comprador no momento em que a mercadoria cruze o costado do navio no porto de destino, já no país do comprador.

O INCOTERM CIF é usado exclusivamente no aquaviário (transporte marítimo ou hidroviário interior).

Responsabilidades com o INCOTERM CIF

INCOTERM CIF no país de origem (país do vendedor):

  • Embalagem – Vendedor;
  • Identificação – Vendedor;
  • Carga na origem – Vendedor;
  • Transporte dentro do país de origem – Vendedor;
  • Seguro no país de origem – Vendedor;
  • Direitos de exportação – Vendedor;
  • Inspeção – Vendedor e Comprador;
  • Peritagem – Vendedor e Comprador;
  • Burocracias alfandegárias – Vendedor;
  • Armazenamento – Vendedor;
  • Despesas com o embarque – Vendedor; e
  • Estiva – Vendedor.

INCOTERM CIF entre o país de origem e o país de destino:

  • Transporte – Vendedor; e
  • Seguro internacional – Vendedor.

INCOTERM CIF no país de destino (país do comprador):

  • Descarga – Vendedor;
  • Manuseio – Comprador;
  • Armazenagem – Comprador;
  • Burocracias alfandegárias – Comprador;
  • Direitos na importação – Comprador;
  • Transporte dentro do país de destino – Comprador;
  • Seguro no país de destino – Comprador; e
  • Descarga da mercadoria – Comprador.

 

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro das novidades do comércio exterior.  😉

 

 

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.

👉🏻 E-book Grátis: Conheça todos Incoterms 2020