La Casa de Papel do Comex

Eu sei, você está pensando que este é mais um texto comparando o assalto ao Aeroporto Internacional de Guarulhos em SP da última quinta-feira, 25, à série do Netflix: La Casa de Papel. É inevitável não fazer essa comparação.

Afinal de contas, são muitas semelhanças entre ambos.  Parece mesmo se tratar de uma versão de La Casa de Papel do Comex, mas o tema do nosso artigo aqui é outro.

💡 A ideia de escrever algo conectando o Comex com a série La Casa de Papel, surgiu antes do fatídico roubo do pallet fumigado de ouro em GRU.

Foi após eu finalizar a maratona da terceira temporada do seriado da qual sou fã, que acabei fazendo algumas analogias com o mundo do comércio exterior. Acredite… há muitas comparações e também lições que podem ser tiradas.

Se você ficou interessado vem comigo, só ~ NÃO prometo NÃO dar spoilers ~!  

Pega sua pipoca e vem! 🍿

La Casa de Papel versus dia a dia do comex

A história da série é uma ficção e gira em torno de um assalto muito bem planejado à casa da moeda da Espanha. O seriado tem uma narrativa bem dinâmica e com acontecimentos rápidos.

A gente se pega torcendo pelos “vilões”, é inevitável! O grupo nos atrai pela extrema organização e planejamento de todas ações do roubo.

Os assaltantes são liderados pelo “Professor” que planejou cada passo deles e treinou a equipe.

Gosto de filmes e séries que além de entreter, também podemos tirar sacadas legais e/ou aprendizagens. E com La Casa de Papel é assim!

Compartilho com vocês as lições que aprendi com a série e como elas se ligam ao dia a dia do Comércio Exterior.

5 lições que aprendi com La Casa de Papel e se aplicam ao Comex

  • Planejamento e Organização são essenciais no Comex
  • Conheça bem os envolvidos
  • Tenha sempre um carta na manga, imprevistos acontecem nos embarques
  • Treine muito, esteja preparado
  • Tenha um forte propósito

Lição 1 Planejamento e Organização são essenciais

Como citei acima a série é dinâmica e cheia acontecimentos rápidos, assim também é o Comércio Exterior. Ou seja, sem rotina, sempre uma novidade, um processo diferente do outro. E ainda tudo urgente!

Como se não fosse o bastante, o profissional de Comex ainda depende de muitas pessoas envolvidos para as operações serem realizadas. Para piorar as coisas, elas estão em locais diferentes do seu, até em países diferentes.

A fase operacional do comex não acontece se não tiver Planejamento e Organização nos processos.

O Analista de Comex precisa ter um pouco do Professor de La Casa de Papel em seu perfil.

Professor, o Analista de Comércio Exterior

O analista de exportação ou importação é um profissional organizado, responsável e hábil ao controlar processos.

O profissional de comex, assim como o Professor da série, precisa ter habilidades com tarefas detalhadas e um perfil detalhista e meticuloso.

Lição 2 Conheça bem os envolvidos

O professor analisou quem estaria na Casa da Moeda da Espanha exatamente no dia do assalto. Ele sabia quem eram os funcionários que trabalhavam lá, conhecia o protocolo de negociação da polícia e como poderiam agir.

Em outras palavras o Professor Sergio Marquina procurou conhecer bem seus inimigos. No comex não temos inimigos (assim espero, rs) mas é importante conhecermos os envolvidos no processo.

Alguns envolvidos no processo: seu cliente, despachante aduaneiro, agente de cargas, fiscais, cliente ou fornecedor no exterior, entre outros.

Uma das características incríveis da série é a capacidade que o Professor teve de prever a maioria dos movimentos da polícia e dos reféns, deixando a equipe completamente preparada para a maioria dos contratempos que surgissem.

Saber lidar com a expectativa de cada envolvido no processo é importante. Será que o seu cliente tem a expectativa de receber aquela carga em tempo recorde? Será que a fábrica corre o risco de parar a produção por falta de algum item importado?

Lição 3 Tenha sempre uma carta na manga, imprevistos acontecem

Assim como o ursinho de pelúcia que a polícia utiliza para chamar a atenção de Nairóbi – mudando o destino de todo um episódio. 🙊 Assim também é o Comex sempre cheio de surpresas.

Você que já atua na área sabe que cada processo tem uma novidade. É aquela exigência da DU-E / DI, aquela carga que não embarcou. Aquele motoboy que caiu com o documento original na chuva. Aquele fornecedor que mandou a carga com embalagem de madeira não tratada mesmo você instruindo ele corretamente.

O Portal Único Siscomex que está fora do ar… quando você precisa registrar algo.

No comex não tem rotina, esteja preparado para lidar com contratempos.

Alícia, o fornecedor chinês que mandou uma “surpresinha” junto com a carga:

Personagem da Série La Casa de Papel

Lição 4 Treine muito, esteja preparado

Na série da plataforma de streaming, o primeiro passo após o Professor recrutar a equipe foi treiná-la e prepará-la para cada detalhe das ações a serem executadas.

Estudaram tudo que envolveria o assalto, regras foram bem definidas, dividiram funções, definiram como tratariam os reféns e como lidariam com a polícia.

Além disso, todos sabiam o que deveriam fazer, como fazer e o impacto de cada ação pessoal com o plano.

No Comex como em qualquer profissão precisamos estar sempre atualizados. Entenda as regras, estude a legislação! Matricule-se em cursos rápidos de atualização.

Só não vale as palestras de coaching do Arturito. 🙊

Os processos de exportação e importação especialmente nestes últimos anos têm passado por grandes revoluções. Foi a implantação da DU-E ano passado, este ano estamos vivendo a implantação gradual da DUIMP, do Catálogo de Produtos e do Pagamento Centralizado. Ano que vem teremos a revisão dos Incoterns com a entrada da versão 2020.

São muitas as mudanças portanto busque acompanhar de perto.

Lição 5 Tenha um forte propósito

No primeiro ciclo da série o Professor vendeu a ideia do assalto como um empenho que teria tanto resultado que poderia ser o último roubo de suas vidas.

Na temporada 3 o propósito é ainda maior, é ir em busca da liberdade do amigo Rio que foi capturado pela polícia e está sendo torturado.

Eles realizaram tudo com Propósito e com Paixão. Então te pergunto: O que te faz acordar todas as manhãs?

Eu sei a loucura que é o Comex! Aquela adrenalina com cada embarque! É tudo urgente o tempo todo! Estamos sempre com pressa a fim de evitar que alguma fábrica pare em algum lugar deste mundo. Mas não deixe que esse estresse seja constante em sua vida.

Então respire, pare um pouco e tenha um pouco do Helsinki em você! Enquanto todos os outros agem pela razão, Helsinki nos dá a chance de entender que o coração também pode nos levar ao sucesso.

Mas lembre-se, nem só de comex, viverá o homem! Busque realizar aquilo que te completa também fora dele.

Extra:

Agora saindo da ficção e entrando no mundo real. Visto que citei o recente roubo no aeroporto de Guarulhos na introdução deste artigo, segue um resumão do ocorrido. As informações abaixo estão nos principais portais de notícias do país. 

La Casa de Papel versus Roubo do Ouro em GRU

Um roubo ocorrido em São Paulo no dia 25/07, por volta das 14h30, chamou atenção pela similaridade com a trama de La Casa de Papel, a série espanhola da Netflix. De acordo com o G1, uma quadrilha invadiu o Aeroporto de Guarulhos com viaturas clonadas e roubou 718,9 quilos de ouro.

A carga de ouro estava no Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos, e seria exportada para Nova York, nos Estados Unidos, e Toronto, no Canadá.

A quadrilha fez funcionários e familiares deles reféns que posteriormente foram libertados, ninguém ficou ferido.

No seriado, em sua terceira temporada o grupo comandado pelo Professor (Álvaro Morte) também rouba ouro.

Parte do ouro roubado no aeroporto de Guarulhos veio de uma mina de Paracatu (MG) e pertencia a Mineradora canadense Kinross, a quinta maior do mundo. A empresa diz esperar que o valor da carga levada seja coberto pela seguradora da transportadora contratada.

Alguns suspeitos foram detidos, dentre eles o encarregado de despacho do aeroporto.

Os funcionários de duas cias. aéreas foram convocados no último dia 30 para prestar esclarecimentos no inquérito que apura o roubo.

O roubo de ouro no Aeroporto de Guarulhos está entre os maiores do Brasil. O valor roubado só é menor do que o de outros dois crimes que aconteceram na história recente do país, o famoso ataque ao Banco Central de Fortaleza, em 2005, e o roubo a 170 cofres particulares de uma agência do Itaú, na Avenida Paulista, em 2011.

E aí, gostou deste conteúdo? Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais e se inscreva no nosso blog para ficar por dentro dos assuntos de Comércio Exterior. 😉

Sinara Bueno

Despachante Aduaneira, formada em Comércio Exterior e empreendedora. Apaixonada por criar e inovar no Comex! Trabalhou na área de importação e exportação de indústrias, consultorias de comércio exterior e, nos últimos anos, tem se dedicado aos sistemas para comex.

E-book Grátis: 7 Novidades do Novo Processo de Importação