Exportações no Brasil: Quais os principais produtos exportados?

As exportações no Brasil são uma das principais operações econômicas de um país. Por meio dela é possível compreender a situação econômica. Os dados estatísticos de Comércio Exterior, são gerados através de informações do Siscomex e divulgados pela Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais (SECINT).

Fique conosco para saber quais são os produtos que o Brasil exporta atualmente. 

O que você irá ver hoje:

  • Principais Produtos Exportados pelo Brasil em 2020; 
  • Os principais destinos das exportações do Brasil.
  • Quanto o Brasil exporta por ano
  • Queda das exportações em 2020 em comparação ao ano anterior
  • Produtos exportados pelos estados brasileiros;
  • Top 10 estados exportadores em 2020

Vamos lá! 😉

Exportações no Brasil: entenda

Principais Produtos Exportados pelo Brasil em 2021

Confira a seguir o ranking dos 10 produtos que mais exportamos até novembro de 2021:

  Principais Produtos Exportados pelo Brasil em 2021 Valor FOB US$
Minério de Ferro ✔️ 42,2 Bilhões
Soja ✔️ 37,3 Bilhões
Óleos brutos de petróleo ✔️ 27,4 Bilhões
Açúcares e melaços ✔️ 8,5 Bilhões
Carne Bovina ✔️ 7,4 Bilhões
Farelos de Soja ✔️ 7,2 Bilhões
Óleos combustíveis de petróleo ✔️ 6,6 Bilhões
Demais produtos – Indústria de Transformação ✔️ 6,4 Bilhões
Carnes de aves✔️ 6,3 Bilhões
10º Celulose ✔️ 6,1 Bilhões

Fonte: ComexStat — Dados do Ano de 2021.

Com relação aos produtos mais exportados pelo Brasil em 2021 (até o mês de novembro), os segmentos da Indústria de Transformação, Indústria Extrativa e Agropecuária saem na frente.

Para exemplificar, confira a balança comercial do Brasil até novembro de 2021:

Como podemos perceber, o Brasil apresenta um Superávit de US$ 57.059,8, representando um aumento nas exportações de 34,2% (US$ 256.028,3) se comparado ao mesmo período de 2020.

Principais Produtos Exportados pelo Brasil em 2020

Veja abaixo quais foram os 10 produtos mais exportados pelo Brasil em 2020, segundo informações do ComexStat.

  1. Soja
  2. Minério de ferro e seus concentrados
  3. Óleos brutos de Petróleo ou de minerais betuminosos, crus
  4. Açúcares e melaços
  5. Carne bovina fresca, refrigerada ou congelada
  6. Farelos de Soja e outros alimentos para animais (excluídos cereais não moídos), farinhas de carnes e outros animais
  7. Celulose
  8. Milho não moído, exceto milho doce
  9. Demais produtos – indústria da transformação
  10. Carnes de aves e suas miudezas comestíveis, frescas, refrigeradas ou congeladas

Apesar da esperada queda em 2020 por conta da pandemia, as exportações no ano passado totalizaram quase 210 bilhões de dólares, apresentando uma queda de 6,9% em relação ao período anterior.

👉🏼Confira aqui nosso artigo sobre a operação back to back e entenda mais esse processo!

A seguir vamos falar detalhadamente dos 5 produtos brasileiros mais exportados em 2020, responsáveis por 43% das vendas externas.

1) Soja

A soja contou com uma participação de 14% no total de exportações realizadas pelo Brasil entre janeiro e dezembro de 2020. O Brasil é o segundo maior produtor de soja do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Nosso principal parceiro comercial, a China, foi o destino de 73% de toda a soja vendida pelo Brasil. O estado que mais exportou soja em 2020 foi o Paraná. 

2) Minério de ferro e seus concentrados

Em segundo lugar na lista ficou o minério de ferro e seus concentrados, o qual exportamos principalmente para a China (70%). A exportação de minério de ferro teve um crescimento de 13,7% em relação ao mesmo período do ano antecedente. Pará e Minas Gerais, respectivamente, são os maiores exportadores de minério de ferro.

3) Óleos brutos de Petróleo ou de minerais betuminosos, crus

Na terceira posição ficou o petróleo. Ele gerou uma receita de US$ 19,6 bilhões em 2020 (queda de 19% em relação ao ano anterior). O principal destino das exportações de “Óleos brutos de petróleo” foi a China com 58%. O Rio de Janeiro foi o estado que mais exportou petróleo neste período.

4) Açúcares e melaços

A quarta colocação no nosso ranking de exportações de 2020 ficou com os açúcares e melaços. As exportações desses produtos cresceram quase 70% em 2020, quando comparado ao ano anterior, o que catapultou os açúcares para o Top 5. Mais uma vez, a China foi a responsável pelo excelente resultado, já que triplicou as compras do açúcar brasileiro em 2020 (em comparação ao ano anterior). Contudo, diferentemente das outras commodities, a exportação de açúcar é bem dividida e a China foi responsável por “apenas” 15% do total.

5) Carne bovina fresca, refrigerada ou congelada

A exportação brasileira de carne bovina aumentou uma posição no Top 10 e aparece na 5º colocação da lista dos produtos mais exportados. A exportação brasileira de carne bovina congelada, fresca ou refrigerada somou 7,4 bilhões de dólares em 2020. O principal destino das exportações de carne bovina foi novamente a China, com 55%. Os principais estados exportadores foram São Paulo, Mato Grosso e Goiás, respectivamente.

Exportações no Brasil em 2020

Em todo o pandêmico ano de 2020 o Brasil exportou 209.878,4 bilhões de dólares e importou 158.937,3 bilhões de dólares, gerando assim um superávit de 50.941,1 bilhões de dólares na Balança Comercial brasileira, além de uma corrente de comércio (soma das importações e exportações) de 368.815,7 bilhões de dólares, conforme dados do ComexStat.

Os principais destinos das exportações do Brasil

Conforme dados do ComexStat, no período de janeiro a dezembro de 2020, veja os principais parceiros comerciais do Brasil.

Colocação País de destino Valor FOB (em bilhões de dólares)
China 67,788
Estados Unidos 21,481
Argentina 8,488
Países Baixos (Holanda) 7,382
Canadá 4,229
Japão 4,127
Alemanha 4,123
Espanha 4,056
Chile 3,849
10º México 3,829

✅  Fazcomex conquista Prêmio Exportação RS 2020.

Para ilustrar, veja o Gráfico do Top 10 Destinos das Exportações Brasileiras em 2020:

Quanto o Brasil exporta por ano?

Confira abaixo o histórico das exportações brasileiras por ano. Veja o que o Brasil exportou na última década (2011 a 2020).

Ano Valor exportador (FOB – em bilhões de dólares)
2011 255,936
2012 242,277
2013 241,967
2014 224,974
2015 190,971
2016 185,232
2017 217,739
2018 239,263
2019 225,383
2020 209,878

Queda das exportações no Brasil em 2020 em comparação ao ano anterior

Nas exportações, os principais os resultados por setores foram os seguintes: 

  • crescimento de 6,0% em Agropecuária, que somou US$ 45,27 bilhões
  • queda de -2,7% em Indústria Extrativa, que chegou a US$ 48,85 bilhões
  • queda de -11,3% em Indústria de Transformação, que alcançou US$ 114,90 bilhões

A associação destes resultados levou a queda do total das exportações. Esta conjuntura de queda nas exportações foi influenciada pela queda das vendas nos seguintes produtos:

  • Animais vivos, não incluído pescados ou crustáceos (-32,9%), Pescado inteiro vivo, morto ou refrigerado (-26,9%) e Milho não moído, exceto milho doce (-17,7%) na Agropecuária
  • Minérios de alumínio e seus concentrados (-33,8%), Outros minérios e concentrados dos metais de base (-23,5%) e Óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus (-18,9%) na Indústria Extrativa
  • Celulose (-19,1%)
  • Aeronaves e outros equipamentos, incluindo suas partes (-35,9%)
  • Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes (-98,1%) na Indústria de Transformação

Por sua vez, ainda que o resultado das exportações tenha sido de queda, os seguintes produtos tiveram aumento

  • Café não torrado (9,6%), Soja (10,5%) e Algodão em bruto (23,1%) na Agropecuária
  • Minério de ferro e seus concentrados (14,3%), Minérios de cobre e seus concentrados (4,4%) e Minérios de níquel e seus concentrados (713.261,5%) na Indústria Extrativa
  • Carne bovina fresca, refrigerada ou congelada (14,7%), Açúcares e melaços (71,3%) e Ouro, não monetário (excluindo minérios de ouro e seus concentrados) (35,2%) na Indústria de Transformação

A forte resiliência das exportações brasileiras em 2020 foi muito influenciada pelo ritmo de recuperação da região Asiática (principalmente da China), sendo o maior impacto negativo verificado no primeiro mês do ano. Esse padrão é muito diferente do observado no resto do mundo, onde o volume exportado foi mais duramente atingido e a recuperação somente ocorre a partir de maio.

Produtos exportados por Estados Brasileiros

Levantamos também os principais produtos exportados pelos estados brasileiros. Descubra quais são produtos mais importantes para cada estado do Brasil. Confira a lista completa:

  1. Principais Produtos Exportados por São Paulo
  2. Principais Produtos Exportados pelo Rio de Janeiro
  3. Principais Produtos Exportados por Minas Gerais
  4. Principais Produtos Exportados pelo Rio Grande do Sul
  5. Principais Produtos Exportados por Mato Grosso
  6. Principais Produtos Exportados pelo Paraná
  7. Principais Produtos Exportados pelo Espírito Santo
  8. Principais Produtos Exportados por Santa Catarina
  9. Principais Produtos Exportados pela Bahia
  10. Principais Produtos Exportados pelo Ceará

 Top 10 estados exportadores em 2020

Confira abaixo os 10 estados que mais exportaram em 2020.

Para ilustrar

👉🏼 Confira o ranking dos Estados que mais exportam no Brasil. E que tal conhecer também as Cidades Brasileiras que mais exportam?

E aí, gostou deste artigo? Então se inscreva no nosso blog e fique por dentro de mais notícias sobre exportação, importação e drawback. 😉

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Resumo

Quais os principais produtos exportados pelo Brasil em 2021?

Os principais produtos exportados pelo Brasil em 2021 foram: minério de Ferro, soja, óleos brutos de petróleo, açúcar, carne bovina, farelos de soja, óleos combustíveis de petróleo, demais produtos - Indústria de Transformação, carnes de aves e celulose.

Regis Thomé

Despachante Aduaneiro Certificado OEA, com pós-graduação em Comércio Exterior e mais de 25 anos de atuação na área aduaneira prestando serviços de assessoria e consultoria para diversos importadores e exportadores. É co-founder da Althomex Consultoria e escritor colaborador do blog da Fazcomex.

🎯 Encontre Prestadores de Serviços de Comércio Exterior: Acesse o Portal de Empresas de Comex.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.